Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



SALVAR CAGARRAS

Sexta-feira, 21.10.16

O Cagarro é a ave marinha mais abundante nos Açores, totalizando cerca de 97500 casais reprodutores. É também a mais característica e encantadora. Quão sublime era, em criança, sobretudo nas noites escuras de inverno, adormecer, enrolado nos cobertores, sobre um colchão de musgo, ao som das cagarras vindas do Pico e do Outeiro com destino ao mar. Depois, alta madrugada voltar a ouvi-las ou e sonhar com o seu regresso aos esconderijos das escarpas.

O ciclo reprodutor da das cagarras tem uma duração de quase 9 meses, estendendo-se desde finais de Fevereiro até finais de Outubro, e apresenta grande sincronia entre as diferentes fases. A postura ocorre de fins de Maio a início de Junho, a eclosão nos finais de Julho e a emancipação dos juvenis entre finais de Outubro e início de Novembro. É precisamente nesta altura do ano em que muitos juvenis, ao executar as suas primeiras viagens, se perdem. A maioria cai. Destes uns morrem mas muitos sobrevivem, permanecendo caídos no chão, nas beiras dos caminhos, incapazes de regressar aos seus ninhos.

A fim de os salvar, o Governo Regional dos Açores desde 1995, tem desenvolvido anualmente a Campanha S.O.S. Cagarro que tem como principal objetivo alertar a população açoriana para a necessidade de preservação desta espécie protegida que nidifica nos Açores.

Este ano a Campanha S.O.S. Cagarro decorre entre 15 de outubro e 15 de novembro, período que coincide com a saída dos cagarros juvenis dos ninhos para o primeiro voo transoceânico. A campanha tem como objetivo a sensibilização da população açoriana para os cuidados mais adequados a ter em situações de encadeamento e atropelamento nas estradas de cagarros jovens, pelo que a Secretaria Regional dos Recursos Naturais está a desenvolver várias atividades de sensibilização e educação ambiental, sobretudo, junto das escolas desta Região, com a particularidade de este ano a campanha ter uma metodologia mais objetiva de recolha de informação sobre as cagarras. Essa recolha será feita através de brigadas científicas, em colaboração com a Universidade dos Açores, os Parques Naturais de Ilha, organizações não-governamentais e outras entidades que queiram aderir a esta iniciativa.

Consideram os responsáveis por esta campanha que durante os meses de outubro e novembro, os juvenis de cagarro começam a abandonar os ninhos e, ao serem atraídos por luzes artificiais fortes, ficam desorientados podendo cair em locais de risco de atropelamento ou de predação. Por essa razão, neste período do ano as brigadas noturnas e muitos populares percorrem as estradas dos Açores resgatando cagarros caídos que são posteriormente libertados durante o dia junto ao mar depois de anilhados, onde iniciam a sua primeira grande migração anual para os mares do Atlântico Sul ou para as zonas produtivas do Atlântico Noroeste.

Acrescente-se que a organização BirdLife International refere que os Açores acolhem todos os anos cerca de 200 mil casais de cagarros, que usam as ilhas do arquipélago entre Abril e Outubro para se reproduzirem. Estas aves, que formam inúmeras colónias de nidificação nas falésias costeiras, representam 75% da população mundial desta espécie, que também se reproduz nos arquipélagos da Madeira e das Canárias e nas Berlengas.

counter

contador de visitas on line online associações
contador de visitas

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 00:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Outubro 2016

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

GEOCLOCK


contadores de visitas

GEOWEATHER


contador de visitas blog

GEOCOUNTER


contador de visitas

GEOUSER


contador de visitas

GEOCHAT


contador de visitas