Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A GAMELA

Sábado, 11.06.16

Era uma vez um velho muito velho, quase cego e surdo, com as pernas trémulas que já nem conseguia andar. Quando se sentava à mesa para comer, mal conseguia segurar a colher, derramando a comida sobre a roupa e pelo chão. Transudava sopa na toalha e, quando, afinal, acertava com a colher na boca, deixava sempre cair um bocado pelos cantos. Metia dó.

O filho e a nora com quem vivia achavam que aquilo era uma porcaria e ficavam com nojo e com vergonha quando o velho comia diante de alguém. Enraivecidos, obrigaram-no a fazer as refeições fora da mesa onde comiam, colocando-o num canto da cozinha, levando-lhe a comida numa tigela de barro. Além disso davam-lhe pouca comida, alegando que assim ele espalhava menos. O pobre do velho lá do canto, bem olhava para a mesa cheia e abundante, como que a implorar mais comida, com os olhos cheios de lágrimas. Mas eles não se comoviam e assim continuaram, até que um dia, as mãos do velho tremeram tanto, tanto que ele deixou a tigela cair no chão, desfazendo-a em cacos. O filho e a nora ralharam muito com ele e, no dia seguinte, foram a uma feira comprar uma gamela de madeira muito pobre e barata, destinada a porcos, onde, a partir de então, colocavam a comida para que o velho comesse.

O casal tinha um filho, ainda criança que observava e via tudo com atenção.

Certo dia os pais do menino reparam que ele se entretinha a construir, às escondidas deles, um objeto de madeira muito estranho. Admirados perguntaram-lhe o que estava fazendo, se estava brincando com aqueles toscos pedaços de pau

O menino respondeu:

- Estou fazendo uma gamela, para que um dia, quando eu crescer o pai e a mãe comam nela.

O marido e a mulher compreenderam. Olharam-se um ao outro em silêncio durante algum tempo e começaram a chorar. De imediato foram chamar o velho e, a partir de então passaram a comer todos juntos e, mesmo quando o velho, por vezes, deixava cair comida da boca, não o repreendiam nem diziam o que quer que fosse, antes o ajudavam com muito carinho, respeito e amor.

counter

contador de visitas on line online associações
contador de visitas

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 00:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Junho 2016

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

GEOCLOCK


contadores de visitas

GEOWEATHER


contador de visitas blog

GEOCOUNTER


contador de visitas

GEOUSER


contador de visitas

GEOCHAT


contador de visitas