Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A LENDA DAS AMENDOEIRAS EM FLOR

Sábado, 19.03.16

Uma das muitas estórias que se contavam antigamente aos serões, na Fajã Grande era e celebérrima lenda das Amendoeiras em Flor. Contavam os nossos avoengos que há muitos anos, havia um rei mouro muito valoroso e ousado e que nunca conhecera a derrota. Apesar de muito jovem já o consideravam o mais temido dos reis mouros do seu tempo.

Ora, aconteceu que certo dia, entre os prisioneiros capturados pelo jovem rei após uma terrível batalha, foi feita refém uma linda princesa, muito loira, de olhos azuis e de porte altivo. Um tipo de beleza que, na verdade, o rei mouro nunca vira até então e pela qual se encantou. O rei libertou-a e, mais tarde, tomou-a como esposa. Realizaram-se, para celebrar o casamento real, grandes festas que se prolongaram por vários dias. O casamento do jovem e poderoso rei mouro com a bela e cativante Princesa do Norte, atraiu gente de todos os lados. O povo viveu horas e dias extraordinários de alegria e de contentamento. Vieram preciosas e valiosíssimas ofertas. Vieram trovadores e músicos de terras distantes. Vieram bailarinas de corpos esculturais, que enfeitiçavam os olhares dos homens. Tudo isso durou vários dias e várias noites, num crescendo e desusado entusiasmo.

Mas passado algum tempo a princesa começou a ficar doente e muito triste e ninguém sabia o que ela tinha ou o que atormentava. O rei, muito preocupado e aflito, não sabia o que fazer pelo que procurou todos os melhores médicos e especialistas do reino para saber qual era o mal de que padecia a sua amada. Mas nenhum descobriu qual o mal que atormentava a pobre princesa. Num derradeiro recurso, o rei mouro deu ordem para que se reunissem urgentemente no palácio todos os sábios do reino. Eles vieram, mas nada conseguiram. Cada vez mais aflito o rei mandou vir médicos e sábios dos reinos vizinhos e de regiões longínquas, mas nenhum conseguiu encontrar remédio para os males da esposa real. A bela Princesa do Norte não voltara a abrir os seus lindos olhos azuis. Tal como se pressentira, continuava a morrer lentamente…

O rei mouro sentiu-se, então, muito abatido, desolado. Pela primeira vez na sua vida se sentia incapaz, derrotado. Já não tinha qualquer esperança de salvar a sua amada e chorava sozinho a sua dor.

Certa tarde vieram dizer-lhe que um velho prisioneiro, também das terras do Norte, antigo súbdito do pai da princesa, queria falar-lhe. Primeiro o rei disse que não, que não queria ver pessoa alguma. Depois hesitou, interrogando-se a si próprio: E se ele souber algo a respeito da doença da princesa... Então mandou que entrasse.

Foi então que um velho, mirrado pelo sofrimento e pela idade, mas ainda altivo e de olhar profundo, avançou até junto do rei e disse:

— Sei o que vos aflige, majestade e poderei ajudar-vos... Não por vós, que fostes um tirano para o meu povo... Mas por ela, a minha linda princesa!

O rei olhou-o desconfiado.

— E tu sabes qual o mal da princesa e como se pode curar?

O velho, então, explicou que o que a princesa tinha era, simplesmente, saudades da terra onde nascera, da neve e das paisagens brancas do seu país.

Então o rei para a não perder e para lhe fazer a vontade mandou plantar amendoeiras em toda a extensão à volta do castelo. Assim quando as amendoeiras florissem a princesa viria á janela e vendo tudo branco mataria as saudades das terras cobertas de neve do seu país.

Assim aconteceu e a princesa, pouco tempo depois, ficou curada.

A partir de então, todos os anos o rei e a princesa esperavam alvoroçadamente pelo maravilhoso espetáculo das amendoeiras em flor que, assim, substituíam a neve das terras do Norte. E deste modo viveram felizes para sempre.

counter

contador de visitas on line online associações
contador de visitas

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por picodavigia2 às 00:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Março 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

GEOCLOCK


contadores de visitas

GEOWEATHER


contador de visitas blog

GEOCOUNTER


contador de visitas

GEOUSER


contador de visitas

GEOCHAT


contador de visitas