Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A MORTE DA ESPOSA DO GRUMETE ANASTÁCIO MOREIRA ALVES

Sexta-feira, 29.04.16

Corria o ano de 1934. Estávamos numa tarde solarenga de Junho. Toda a Ponta e Fajã eram abalroadas com a trágica notícia da morte, repentina e inesperada, na Rocha da Ponta, de uma mulher. Não se sabia quem era.

As mulheres, interrompendo os afazeres domésticos, umas pejadas outras com os garotos agarrados aos saiotes, saíam porta fora, na mira de se saber o que se passava e quem falecera. Umas aos gritos, outras em grande alvoroço. Na torre da igreja os sinos tocavam ininterruptamente. Uma grande desgraça acontecera.

Por fim a trágica notícia confirmou-se:

- Uma mulher, a rondar os sessenta anos, natural da Fajã Grande, mas que se deslocava a Ponta Delgada, onde tinha familiares, subindo a rocha da Ponta, como era uso e costume na altura, falecera de repente a meio da subida. Sabia-se que a mulher subia acompanhada de alguns familiares entre os quais o neto, na altura apenas com sete anos e no colo de quem viria a falecer.

Mais tarde soube-se que a mulher era Maria dos Santos Moreira, esposa de Anastácio Moreira Alves, sendo o neto que a acompanhava José da Silveira Alves. Maria dos Santos Moreira nascera na Fajã Grande em 1875 e era filha de Francisco Lourenço do Nascimento e de Ana Laureana do Nascimento, que haviam casado em 11 de Abril de 1869, na Fajã Grande. Maria dos Santos Moreira casara com Anastácio Moreira Alves, grumete da Armada, que nascera em 1871 na freguesia de Santa Catarina da Serra, concelho e distrito de Leiria. Anastácio era filho de Bento Moreira e de Teresa de Jesus e o casamento realizou-se na igreja paroquial da Fajã Grande das Flores, em 22 de Maio de 1895.

A freguesia de Santa Catarina da Serra, onde nascera o grumete Anastácio, fica situada na parte mais a sudeste do concelho de Leiria, fazendo fronteira com o distrito de Santarém e com as freguesias de Caranguejeira e Cercal, Arrabal, Chainça e São Mamede, Fátima, Atouguia e Gondemaria.

Trata-se de uma antiquíssima freguesia criada em 1549 pelo primeiro bispo de Leiria, D. Frei Brás de Barros, tendo sido, na altura, desanexada da freguesia de S. Pedro de Leiria. É composta por várias povoações. Ultimamente tem conhecido bastante desenvolvimento, devido sobretudo à sua localização geográfica, nomeadamente devido à sua proximidade com a cidade de Fátima e, também, devido à dinâmica da sua população e de muitas empresas que ali tem sido criadas. Santa Catarina da Serra foi elevada a vila a 12 de Julho de 2001. Um dos edifícios mais emblemáticos da vila é sem dúvida a Igreja de Santa Catarina.

Recorde-se que grumete é a praça da Marinha Portuguesa com a graduação mais baixa. Durante a instrução militar básica ou a recruta, um instruendo na Marinha é designado segundo-grumete recruta. Após a instrução militar e cerimónia de juramento de bandeira, os militares da Marinha são incorporados com o posto de segundo-grumete; o posto seguinte é primeiro-grumete, imediatamente inferior a segundo-marinheiro. Após a formação técnica complementar, os grumetes desempenham funções de acordo com especialidade com que são habilitados. A nível de uniformes, os grumetes não têm distintivo do posto. São identificados pelo uso do distintivo da classe técnica a que pertencem.

 

counter

contador de visitas on line online associações
contador de visitas

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 00:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Abril 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

GEOCLOCK


contadores de visitas

GEOWEATHER


contador de visitas blog

GEOCOUNTER


contador de visitas

GEOUSER


contador de visitas

GEOCHAT


contador de visitas