Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A POÇA DAS CATEQUISTAS

Sexta-feira, 14.10.16

A Retorta era a maior, a mais profunda e a mais retorcida enseada de quantas existiam no baixio da Fajã Grande, desde o Pesqueiro de Terra até ao Canto do Areal. Entrincheirada entre rebordos negros e altíssimos mas sarapintados de algas multicolores, escavada entre o restolho da lava basáltica, desenhada pela natureza e cinzelada pelo marulhar secular das ondas, a Retorta quase se assemelhava a um autêntico fiorde escandinavo embora minúsculo e tingido de negro. Uma pequena maravilha da natureza, muito fértil em peixes, moluscos e cavacos.

Entrando pelo baixio dentro, como se quisesse romper ou perfurar a ilha, de forma arqueada, com curvas e contracurvas, na sua parte final, a Retorta, já no seu termo, formava um ângulo de cento e oitenta graus e voltava o seu curso na direção do mar. Era ali que alargando-se substancialmente formava uma espécie de poça oval, uma autêntica piscina natural. Era essa a chamada Poça da Retorta.

Mas o mais interessante é que em ocasiões de maré seca a poça como que ficava separada do corpo da Retorta e, consequentemente, por isso, se chamava de poça, ou seja, segundo o Dicionário Online de Português uma cova ou cavidade, relativamente rasa, encontrada em qualquer terreno, com água em seu interior. No entanto e pelo contrário, com o subir da maré, a água ia entrando na poça até a encher e a unir, assim a corpo da Retorta como se facto fosse uma parte dela.

É verdade que o seu fundo era bastante irregular, atapetado por alguns pedregulhos ásperos e pontiagudos, muitos deles repletos de ouriços e com moreias e moriões a habitar os seus escombros, mas como ficava bastante escondida e rodeada por altas rochas era o local ideal para uma boa banhoca por parte de quem não se quisesse expor aos olhos dos curiosos e muito menos aos seus comentários.

Essa a razão por que o reverendo pároco da freguesia, numa altura em que muitos direitos ainda eram vedados às mulheres e em que os preconceitos relativamente ao sexo feminino abundavam discriminatoriamente, decidiu senão por decreto, pelo menos por mero conselho espiritual ou mandato casuístico que as meninas e senhoras de bem da freguesia, impedidas de se banharem no Cais ou no Porto Velho, locais habitualmente frequentados por rapazes e homens, fossem tomar banho para aquela Poça, situada paredes meias com a Ponta da Coalheira, o pedacinho de terra mais ocidental da Europa.

E, submissas ao mandato canónico, muitas iam, sobretudo as mais púdicas, mais dóceis e mais obedientes às Leis de Deus ou do Seu digno represente na Terra.

Por essa razão a Poça da Retorta passou a chamar-se a Poça das Catequistas. Não sabiam elas, ou pelo menos se o sabiam, algumas não se incomodavam nada com isso, é que muitos rapazes aproveitavam o despautério do prebendado e, sempre que lhes cheirava a corrupio de mulheres para os lados do Areal, rumavam para a Retorta. Escondidos entre os rochedos escuros e escarpados não perdiam a oportunidade de, na sua qualidade de ávidos e tresloucados mirones, espreitarem uma nesga que fosse da perna de uma ou outra menina que, eventualmente, tivesse a ousadia de substituir o saiote com que as mulheres na altura se banhavam por um fato de banho um pouco mais ousado.

 

counter

contador de visitas on line online associações
contador de visitas

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 00:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Outubro 2016

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

GEOCLOCK


contadores de visitas

GEOWEATHER


contador de visitas blog

GEOCOUNTER


contador de visitas

GEOUSER


contador de visitas

GEOCHAT


contador de visitas