Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A TARTARUGA

Sexta-feira, 09.10.15

Conta-se que há muitos, muitos anos, numa determinada terra vivia um pescador pobre e humilde. Certo dia, como sempre, partiu para o mar no seu pequeno barco e lançou a rede. Algum tempo depois, sentindo-a muito pesada, cuidou que já a teria cheia de peixe. Decidiu então recolheu-a e, qual não foi o seu espanto ao ver que não trazia peixe, mas embrulhada nela vinha uma enorme tartaruga. Vendo-a muito aflita o pescador teve pena dela, até porque de pouco lhe serviria e salvou-a, desembrulhando-a da rede e deitando-a, de novo, para o mar. A tartaruga ficou muito comovida com a atitude e quis recompensa-lo. Para isso virou-lhe o barco fazendo com que o pescador caísse ao mar. O pescador, não conseguindo regressar para dentro do barco, encavalitou-se sobre o casco da tartaruga e esta levou-o consigo para um reino maravilhoso, existente no fundo do mar. O pescador ficou ali durante algum tempo.

Embora vivesse muito feliz naquele reino, o pescador começou a sentir saudades de sua terra natal e, sobretudo, da sua família e dos seus parentes e amigos. Pediu, então à tartaruga que o deixasse voltar para terra. A tartaruga anuiu o seu pedido, mas quando ele partiu deu-lhe uma arca forrada de ouro, como presente, com a recomendação de que só a abrisse num momento em que se sentisse muito aflito.

O pescador partiu carregando a arca mas, ao chegar à terra onde vivera, não a reconheceu e, pior do que isso, não encontrou nenhum dos seus familiares ou amigos, uma vez que todos estes já tinham morrido e ainda soube que há centenas de anos, naquela terra, tinha desaparecido, no mar, um pescador com o nome precisamente igual ao seu.

Muito triste e desolado o pescador foi sentar-se sobre um rochedo, à beira do mar, na esperança de reencontrar a tartaruga, mas desesperou-se porque esta demorava em aparecer. Começou, então, a sentir uma aflição enorme. Nesse momento abriu a arca que a tartaruga lhe oferecera. Ao fazê-lo, todos os anos começaram a passar para ele que depressa envelheceu e morreu.

counter

contador de visitas on line online associações
contador de visitas

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 00:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Outubro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

GEOCLOCK


contadores de visitas

GEOWEATHER


contador de visitas blog

GEOCOUNTER


contador de visitas

GEOUSER


contador de visitas

GEOCHAT


contador de visitas