Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



AND THE WINNER IS PORTUGAL

Segunda-feira, 11.07.16

Finalmente caiu o pano sobre o Campeonato de Futebol Europeu, o Euro 2016. And the winner is PORTUGAL Hoje, na verdade foi o dia que o Senhor fez, o dia de todas as decisões. Portugal e França disputaram, numa final inédita, o jogo que deu a conhecer o novo campeão europeu. Foi Portugal, após 120 minutos de jogo, que venceu a França por 1-0, com golo de Eder.

Recorde-se que as duas seleções tiveram percursos sensivelmente diferentes até chegaram à final de Paris. Portugal, na verdade, não começou da melhor forma, terminando a fase de grupos no 3.º lugar do grupo em que estava inserido, (Islândia, Áustria e Hungria) com três empates em três jogos, somando apenas três pontos. Nos oitavos de final, no sistema mata-mata a equipa lusa esteve um pouco melhor apesar de ter que ir a prolongamento para eliminar o seu adversário, a Croácia. Seguindo em frente, nos quartos de-final Portugal foi forçado ao desempate através da marcação de grandes penalidades para eliminar a Polónia. Só nas meias-finais é que Portugal venceu a partida nos 90 minutos regulamentares com uma vitória por 2-0 sobre o País de Gales.

Por sua vez a França teve um percurso mais vitorioso. Os gauleses terminaram a fase de grupos no 1.º lugar do Grupo A, com duas vitórias e um empate. Mas na fase seguinte revelaram algumas dificuldades para eliminar quer a Roménia, quer a Albânia visto que os golos das vitórias só surgiram em período de compensação, resolvendo, no entanto, todos os jogos no tempo regulamentar, incluindo a eliminação, nas meias-finais, da atual campeã do mundo, a todo poderosa Alemanha.

Lamentáveis as afirmações de alguns responsáveis e jogadores franceses, nomeadamente, as de Jérôme Rothen, antigo jogador da seleção francesa, que afirmou literalmente Portugal não tem hipóteses nenhumas na final e Renato Sanches não tem nenhuma visão de jogo. Outros franceses consideraram o jogo de Portugal nojento, muito faltoso e mau. Para os franceses, pelos vistos Portugal não merecia vencer este europeu. Razão tinha o treinador Português, Fernando Santos, quando na véspera declarou em tom jocoso, perante as insinuações dos franceses:

- Não me importo nada de na segunda-feira ler nos jornais franceses: “Portugal não mereceu mas venceu”.

Por sua vez a casa irlandesa de apostas Paddy Power, nas vésperas da final, deixou no seu site um apelo polémico

Querida França:

Por favor, por favor, por favor, vence Portugal e faz Cristiano Ronaldo chorar. Fá-lo chorar lágrimas salgadas.

Estariam os responsáveis destas afirmações simplesmente a recordar Fernando Pessoa: “Ó mar salgado, quanto do teu sal são lágrimas de Portugal” ou a pré-anunciar o que um jogador francês havia de fazer ao melhor jogador do mundo?

Verdade é que no fim do jogo as lágrimas de Cristiano Ronaldo, dos restantes jogadores e de todos os portugueses foram bem doces, simplesmente porque Portugal venceu a todo poderosa França e é o campeão da Europa.

counter

contador de visitas on line online associações
contador de visitas

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por picodavigia2 às 00:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Julho 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

GEOCLOCK


contadores de visitas

GEOWEATHER


contador de visitas blog

GEOCOUNTER


contador de visitas

GEOUSER


contador de visitas

GEOCHAT


contador de visitas