Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BULOVA

Domingo, 11.12.16

O meu primeiro relógio de pulso foi um Bulova. Tinha eu onze anos. Chegou muito bem embrulhadinho e escondido entre peças de roupa numa encomenda que veio da América. O embrulho vinha com o meu nome e, sem sombra de dúvida, eu era o destinatário legítimo daquela deslumbrante e maravilhosa máquina.

Regozijei de contentamento. Ter um relógio de pulso era coisa rara na freguesia, sobretudo entre as crianças. Muito contente, bem o quis levar para a escola no dia seguinte. Impossível:

- Para dar cabo dele! Nem pensar. – Decretou minha irmã e acrescentou:

- Além disso, usar um relógio de pulso e andar descalço é uma vergonha. Todos se iam rir de ti.

Na verdade, na Fajã Grande, naqueles tempos, dizia-se que não ficava bem usar um relógio de pulso e andar descalço. Era uma tremenda contradição. Por isso passei a usar o meu Bulova somente aos domingos e na hora da missa, único momento da semana em que andava calçado. Apenas no setembro seguinte, quando embarquei para São Miguel a bordo do Carvalho Araújo, a fim de estudar no Seminário Menor, passei a usar o meu Bulova durante todos os dias, porque a partir de então andava calçado.

O Bulova, no entanto, era de segunda ou terceira mão e muito usado pelo que passado algum tempo avariou. Foi o Senhor António Lourenço que me o consertou quando regressei à Fajã, no verão seguinte. Além disso no Seminário não tive grande sucesso com ele, chegando a ser alvo de chacota, porquanto, devido à sua pequena dimensão e ao seu formato retangular, foi considerado por quantos expertos nesta matéria o viam, um relógio de senhora.

- De senhora qual o quê! – Retorquiu o Senhor António Lourenço quando, depois de consertar, o coloquei perante tal imbróglio e esclareceu:

- Olha, tens aqui um bom relógio, um Bulova. Os relógios Bulova são de altíssima precisão e de excelente qualidade. São dos melhores que há no mundo.

Na verdade, algum tempo mais tarde, soube que Bulova é uma indústria de relógios de pulso fundada em 1875 por Joseph Bulova, um imigrante da Tchecoslováquia que em 1870 foi morar nos Estados Unidos. Joseph trabalhou por cinco anos na empresa Tiffany e Young & Ellis. Aos 23 anos de idade abriu uma joalharia de pequeno porte em Maiden Lane, em Nova York, num local próximo da Wall Street, onde se concentrava a indústria joalheira da cidade.

Concentrando o seu estoque em relógios de mesa e de bolso todos de alta qualidade, Bulova prosperou e suas vendas cresceram rápido nos primeiros 35 anos de sua empresa.

Com o crescimento de sua empresa, Joseph mudou sua sede para um endereço de muito prestígio, o número 580 da 5ª Avenida, onde pouco tempo depois instalou o Observatório Bulova, o primeiro observatório instalado no alto de um arranha-céu, comandado por um matemático da época que registrava todas as suas observações eletronicamente. Tratava-se de uma estratégia muito avançada para aquela época. Posteriormente as observações recolhidas eram enviadas para um cronógrafo instalado a dezenas de metros abaixo, orientando todos os relojoeiros de sua empresa na manutenção de uma hora precisa.

E verdade é que o meu Bulova nunca mais avariou e durou muitos anos.

counter

contador de visitas on line online associações
contador de visitas

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 00:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Dezembro 2016

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

GEOCLOCK


contadores de visitas

GEOWEATHER


contador de visitas blog

GEOCOUNTER


contador de visitas

GEOUSER


contador de visitas

GEOCHAT


contador de visitas