Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



HERÁLDICA

Quinta-feira, 03.03.16

Um brasão é um desenho especificamente criado com a finalidade de identificar indivíduos, famílias, clãs, corporações, freguesias, vilas, cidades, regiões e nações. Todas as cidades, vilas e aldeias portuguesas têm o seu brasão, elaborado segundo as tradições e as leis da heráldica portuguesa. Chama-se Heráldica ao estudo, elaboração e arquivo dos diversos brasões. Os brasões das povoações geralmente contêm desenhos ou imagens relacionados com a história, a localização, as características ou com o património cultural e natural da localidade que representam. Atualmente é frequente o uso de brasões como símbolo das freguesias, dos municípios e das regiões, que também têm a sua bandeira, onde normalmente figura o brasão.

Segundo a heráldica portuguesa, o brasão da freguesia da Fajã Grande, publicada no Diário da República, I Série de 26 de Maio de 2003, é o seguinte:

 Escudo de azul, rochedo de prata realçado de negro, movente de campanha diminuta ondada de prata e verde de três tiras; em chefe, bilha de leite de prata, entre uma espiga de trigo à dextra e uma espiga de centeio à sinistra, ambas de ouro. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro: “ FAJÃ GRANDE“.

Por sua vez a bandeira da Fajã Grande tem o seguinte formato e cores:

Esquartelada de amarelo e verde. Cordão e borlas de ouro e verde. Haste e lança de ouro.

A interpretação deste brasão da mais ocidental freguesia açoriana poderá ser, entre outras, a seguinte: A agricultura e a pecuária estão representadas em lugar de destaque como principais atividades económicas da freguesia, que na verdade sempre o foram desde os primórdios do seu povoamento. Assim as duas espigas, uma de trigo, outra de centeio, poderão muito bem representar a atividade agrícola, predominante na freguesia, embora hoje, naturalmente, deveriam ser espigas ou maçarocas de milho mas sabe-se que antigamente, na Fajã Grande, se cultivava apenas trigo e algum centeio. A pecuária e a produção de leite estão representadas pela bilha, embora também na Fajã Grande, nos tempos mais modernos se usassem latas em vez de bilhas. O mar que envolve a freguesia, embora não tirando dele grande proveito, estará representado pela enorme mancha azul que domina grande parte da área do brasão. Finalmente o rochedo de prata coberto de regos negros poderá significar a ilha onde a freguesia se situa, os ilhéus que a rodeiam ou as rochas que a dominam a leste, tudo ondeando sobre sonhos e desejos de esperança.

O estandarte, por sua vez, significa o triunfo, a vitória e o sucesso desta freguesia, onde domina o verde dos campos, das relvas e dos matos e o amarelo dos trigais, das searas em flor e dos cubres de flor amarela que cobriam a e outros locais da ilha das Flores, a quando da sua descoberta.

counter

contador de visitas on line online associações
contador de visitas

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 00:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Março 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

GEOCLOCK


contadores de visitas

GEOWEATHER


contador de visitas blog

GEOCOUNTER


contador de visitas

GEOUSER


contador de visitas

GEOCHAT


contador de visitas