Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O COELHO BRANCO E O GALO PRETO (DIÁRIO DE TI’ANTONHO)

Sexta-feira, 04.12.15

Uma outra estória muito engraçada que meu avô contava era da do Coelho Branco e do Galo Preto. Se bem me lembro a estória era mais ou menos assim: Havia em tempos antigos um homem muito bruto e mau mas que era muito devoto e tinha por hábito rezar todos os dias um Pai Nosso a Senhor São Francisco. Quando estava para morrer apareceu-lhe um anjo e disse-lhe:

- Para te salvares não chegam as orações. Terás que dar uma esmola avultada a um pobre. Caso contrário irás parar ao Caldeirão de Pero Botelho.

Passado algum tempo entrou um velhinho no pátio da casa onde homem morava e os cães não lhe fizeram mal. O criado que trabalhava para o homem quando viu o velhinho dirigiu-se até ele e disse-lhe:

- Como é que entraste aqui sem os cães te impedirem?

O velho respondeu:

- Eles são mansinhos, fiz-lhes umas festas e eles não me fizeram mal.

O velhinho entrou em casa e foi visitar o homem que estava deitado na sua cama, às portas da morte e pediu-lhe uma esmola. O homem virando-se para o criado disse-lhe:

- Dá-lhe cinquenta alqueires de milho.

- Mas ele não trás saco. - Contrariou criado.

- Dá-lhe um saco dos melhores e maiores que temos para levar o milho.

- Mas o pobrezinho também não tem carro para transportá-lo.

- Então carrega tu o milho no carro de bois e vai levá-lo a casa dele.

O criado assim fez e lá foi mais o velhinho.

Quando já iam a meio caminho ouviram o sino da igreja tocar a finados. Era o sinal de que o homem que tinha dado o milho ao velhinho tinha falecido. Nisto passou-lhes por perto um coelho branco a fugir de um galo preto. O velhinho voltou-se para o criado e disse-lhe:

 - O teu patrão já morreu, e o coelho branco, que passou, significa que ele se salvou, o galo preto era o inimigo que vinha a correr atrás dele, mas não o apanhou porque ele foi generoso e deu uma grande esmola. Aquele que fizer o bem neste mundo e repartir os seus bens com os pobres há-de salvar-se e tu, meu amigo, podes levar o milho e ficar com ele para alimentar os teus filhos, porque eu não preciso dele.

Dito isto o velhinho desapareceu.

O criado percebeu, então, que aquele velhinho, a quem o homem deu a esmola e com que o acompanhara com o carro carregado de milho era São Francisco, o sento a quem o seu patrão rezava todos os dias um Pai Nosso.

counter

contador de visitas on line online associações
contador de visitas

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 00:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Dezembro 2015

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

GEOCLOCK


contadores de visitas

GEOWEATHER


contador de visitas blog

GEOCOUNTER


contador de visitas

GEOUSER


contador de visitas

GEOCHAT


contador de visitas