Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



FONTE DE SILÊNCIO

Quinta-feira, 31.10.13

quando me aproximava

para te abrir

e aparar

em balde de madeira   opíparo,

a água límpida e fresca

que de ti jorrava

disfarçava a pressa

e dispunha-me

a ouvir

os pingos ritmados

que    terminada a safra,

emanavam de ti

e caíam

sobre a peanha

de onde já havia retirado o balde

 

cuidava eu,

que aqueles pingos

vinham carregados

de enigmas

que eu tentava compreender

porque me pareciam

lágrimas semelhantes

às que    tantas vezes

eu vira brotar

do rosto da minha mãe

- fonte de silêncio!

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por picodavigia2 às 10:18





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031