Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



FRÁGIL IDADE

Sábado, 23.11.13

(POEMA DE JOSÉ FRANCISCO COSTA)

 

“Não é preciso dizer-te

Que a vida é mais do que um telhado.

Deixa que o tempo concerte

O que está desconcertado.

 

Vão-se as casas; e o passar

Da vida é tão de repente…

O gosto do céu e do mar

É o que resta da gente.

 

Compra telhas de alegria,

- Que a vida é coisa bem séria.-

E vai sorrindo, Maria,

Aos buracos da miséria.

 

José Francisco Costa

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 21:51





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930