Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



MARIANA ANDRADE

Domingo, 24.11.13

Mariana Belmira de Andrade nasceu nas Velas, ilha de S. Jorge, em 31 de Dezembro de 1844, tendo falecido naquela vila jorgense em 17 de Fevereiro de 1921. Mariana de Andrade é considerada uma poetisa da geração realista. Recebeu a educação própria de uma rapariga do seu tempo da média burguesia de província - instrução primária, línguas, uns rudimentos de música - e forrageou, por si mesma, o lastro literário que completou a sua formação intelectual. Possuía um carácter indómito e pouco sociável e assumia-se andrófoba e refractária ao casamento. Não deixou, porém, de casar, ainda que só aos 34 anos, suportando por muito pouco tempo o que ela chamava a «treva do himeneu». O seu génio insubmisso levou-a, com efeito, a separar-se do marido antes de concluído um ano de vida em comum, logo a seguir ao nascimento do primeiro filho. Uma vez liberta dos laços matrimoniais, habilitou-se então ao Magistério Primário e dedicou-se, daí em diante, ao ensino das primeiras letras. Sentiu «bafejar-lhe a fronte / o fogo da inspiração» sob o signo do Romantismo, mas rimou os primeiros «devaneios» poéticos já sem sacrificar a Eros, por o «orgulho de mulher» lhe tornar defeso o prazer do amor e não achar «o homem assunto digno de verso». Mais tarde encontraria melhor ou mais propícia inspiração, ao afinar a lira pelo diapasão da poesia de combate. Passou, então, a apostrofar o trono e o altar em alexandrinos acerbados de paixão iconoclasta e a exaltar, no mesmo tom, o proletariado, o «escravo do trabalho», que, sobre o ombro, qual «Atlas portentoso», erguia a «mole formidável» do futuro. Por fim, em consequência do atentado que vitimou o rei D. Carlos e o príncipe D. Luís Filipe, abjurou as suas ideias revolucionárias e reconciliou-se com a igreja católica. Publicou duas colectâneas poéticas: Fantasias e A Sibila e alguns extractos de um romance intitulado A Esfinge, espécie de autobiografia romanceada, no jornal A Ilha Graciosa.

 

Dados retirados do CCA – Cultura Açores

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 23:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930