Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



CARTAS E PATAS

Sábado, 30.11.13

“Quem joga cartas não apostora patas.”

Este adágio inclui uma palavra da “gíria” fajãgrandense, uma vez que usa “apostora” em vez da forma verbal “pastoreia”. Com ele pretendia-se alertar, sobretudo as crianças, de que não se pode realizar com competência duas actividades diferentes ao mesmo tempo. Assim quem realiza um trabalho, para o fazer com perfeição deve dedicar-lhe toda a atenção e nele concentrar todas as suas forças. De realçar, para que a mensagem seja mais forte, a referência ao jogo das cartas, o qual para ser bem jogado requer muita atenção, sendo que o jogador dele não pode afastar a sua concentração. Daí que o jogar cartas seja incompatível com o pastorear as patas, actividade durante a qual quem a executa também não se pode distrair com o que quer que seja.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 21:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930