Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



PRIMEIROS POVOADORES DO CORVO

Segunda-feira, 30.06.14

Antão Vaz Homem terá sido o primeiro homem a desembarcar na pequenina ilha do Corvo, a fim de aí se fixar, iniciando o povoamento da mesma. Rezam as crónicas que a ele se seguiram os irmãos Barcelos, mas tanto o primeiro como estes dois últimos não conseguiram atrair mais ninguém para a ilha, nem sequer ali se fixar, pelo que, algum tempo depois, abandonaram a ilha, embora lá mantivessem alguns interesses materiais que, mais tarde, deixaram aos seus descendentes.

Assim os primeiros povoadores efectivos do Corvo terão sido escravos anónimos, para ali enviados pelo seu amo e senhor, Dom Gonçalo de Sousa, capitão-donatário das Flores que para aquela espécie de ilhéu deserto os mandou, a fim de cultivarem a terra e vigiarem e cuidarem os seus muitos gados ali lançados, sobretudo ovelhas, de que extraíam lã e faziam muitos panos. Com eles viviam os arrendatários da ilha durante o tempo de vigência do contrato de arrendamento.

Com o passar dos anos, porém, o Corvo foi-se povoando de outra gente efectiva que acabaria por absorver os escravos. Eram os filhos e os netos dos primeiros povoadores das Flores que, atraídos pelos arrendatários do Corvo, lá foram morar e se multiplicaram a ponto de em 1645, segundo Frei Diogo Chagas, “já haver população a mais no ilhéu”.

Segundo alguns cronistas da época, esta gente era muito humilde, por isso nunca referem os seus nomes. Mas Gaspar Frutuoso fala num João Roiz Serpa, rendeiro da ilha e homem fidalgo que agasalhou os náufragos do galeão maranhense em meados do século XVI, enquanto Frei Diogo Chagas se refere a mais gente, mas ninguém natural da ilha, destacando dois: o primeiro pároco da ilha, Agostinho Ribeiro, natural da Madeira, que, mais tarde, seria o primeiro bispo de Angra e o vigário, Bartolomeu Tristão, natural do Faial.

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por picodavigia2 às 20:42

DULCIFICADO

Segunda-feira, 30.06.14

MENU 47 – “DULCIFICADO”

 

ENTRADA

Saladinha de feijão, couve e pão, Nacos de bolo com queijo creme fresco e bolinhos de pudim de peixe assado.

 

PRATO

 

Naco de carne de porco cozido com feijão, repolho e cenoura. Tagliatelli embebido em creme de queijo fresco e brócolos gratinados com o mesmo.

 

SOBREMESA

 

Pêssego em calda, gelatina de pêssego e suspiro.

 

******

 

Preparação da Entrada: - Cozer ligeiramente a couve e cozer bastante bem o feijão. Moer o pão e depois misturar tudo em azeite perfumado em alho. Cortar os pedacinhos de bolo e barrá-los com o queijo creme. Moer os restos de peixe e misturá-lo em pão embebido em leite e água. Juntar duas claras batidas em castelo e levar ao forno em forminhas. Desenformar e empratar.

Preparação do Prato – Cozer a carne, o feijão, a cenoura e o repolho. Cozer a tagliatelli e misturar-le o queijo. Cozer os brócolos e gratiná-los. Empratar.

Preparação das Sobremesas – Confecção tradicional.

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por picodavigia2 às 18:58





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Junho 2014

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930