Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



VISITANTES

Sexta-feira, 05.09.14

"Visitantes sempre dão prazer. Senão quando chegam, pelo menos quando partem"

Dito popular português

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 10:30

PAREDES – A CIDADE E O CONCELHO

Sexta-feira, 05.09.14

Paredes é uma cidade portuguesa, sede do município com o mesmo nome, pertencente ao Distrito do Porto, situada na região Norte de Portugal e integrada na comunidade urbana do Vale do Sousa. O Concelho de que é capital tem uma área de 156 km2, com cerca 85 mil habitantes, dos quais cerca de 12 600 vivem na cidade. O município é constituído por 24 freguesias e limitado a norte pelo município de Paços de Ferreira, a leste por Lousada e por Penafiel, a sudoeste por Gondomar e a oeste por Valongo. O concelho foi criado em 1836, sucedendo, em grande parte do seu território, ao antigo concelho de Aguiar de Sousa, actualmente uma das freguesias mais pequenas que o constituem.

Paredes integra-se numa das regiões mais prósperas e paisagisticamente interessantes de Portugal: o Vale do Sousa e tem uma riquíssima história, uma vez que é o sucedâneo do antigo concelho de Aguiar de Sousa, que data dos primórdios da Monarquia, tendo sido criado em meados do século XII, pois já consta nas inquirições de 1258 mandadas fazer por D. Afonso III, nas quais, também, já são referidas algumas das actuais freguesias do concelho de Paredes, pertencentes ao então julgado de Aguiar de Sousa: Estremir, Crestelo, Vilela, Bendoma, Ceti, Gondalães, Veiri e Gandera. Aguiar de Sousa recebeu foral em 1269, confirmado em 1411 por D. João I e reiterado por D. Manuel I em 1513. Sensivelmente na mesma altura, Baltar recebia também a categoria de concelho. Baltar foi elevada a categoria de vila, passando assim a ter enormes direitos, só comparáveis às maiores povoações do reino, privilégios confirmados por  D. João V, em 1723.

Extinto em 1837, o concelho de Baltar era constituído por 9 freguesias: Baltar, Cête, Vandoma, Astromil, Gandra, Sobrado, S. Martinho do Campo, Rebordosa e Lordelo. À excepção de Sobrado e S. Martinho de Campo, que actualmente fazem parte de Valongo, todas as outras seriam posteriormente integradas no concelho de Paredes. Foi durante o séc. XVIII que o lugar de Paredes, integrado na freguesia de Castelões de Cepeda, foi ganhando importância. Assim, em finais do séc. XVIII, já existiam os Paços do Concelho, actual Academia de Música, e o pelourinho.

Em 1821, o concelho de Aguiar de Sousa foi extinto como concelho e grande parte das suas freguesias foram anexadas a Paredes. Com a criação do concelho de Paredes, não só se extinguiu o de Aguiar de Sousa, como ainda o de Baltar, Louredo e Sobrosa, que emergiram da crise liberal e tiveram duração pouco superior a dois anos. O concelho de Paredes foi criado por Passos Manuel, em 1836, como resultado do reordenamento que ocorreu com a entrada da Constituição de 1820. Nesta data, passou a conter algumas das freguesias do extinto concelho de Aguiar de Sousa, englobando um total de 23 freguesias. Em 1855, dos vários lugares da freguesia da Sobreira foi criada a freguesia de Recarei.

Com esta configuração, Paredes passou a vila em 7 de Fevereiro de 1844, data do Alvará Régio de D. Maria II que elevava Paredes a essa categoria, com os correspondentes direitos e deveres por "a mesma povoação possuir os necessários elementos para sustentar com dignidade a categoria de vila".

O concelho de Paredes possui uma grande tradição na indústria do mobiliário, assegurando cerca de 65% da produção de mobiliário nacional. A relação tradição/modernidade da arte de trabalhar a madeira nas suas diferentes vertentes sustentam um produto turístico-cultural denominado "Rota dos Móveis".

A partir de 20 de Junho de 1991, Paredes ascendeu à categoria de cidade. A 26 de Agosto de 2003, foram elevadas a cidade as freguesias de Lordelo e Rebordosa. Gandra também se tornou cidade com estatuto especial, em virtude de nela se situar um importante pólo universitário. O concelho de Paredes contém, deste modo, quatro cidades, sendo o concelho português com maior número de cidades.

 

NB – Dados retirados do BMP

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por picodavigia2 às 10:25





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Setembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930