Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



OS MAIS ILUSTRES ALUNOS DO SEA

Terça-feira, 21.10.14

Os alunos do Seminário de Angra, ordenados sacerdotes, que mais se distinguiram na hierarquia da igreja católica foram: João Paulino de Azevedo e Castro, José da Costa Nunes, Manuel Medeiros Guerreiro, José Vieira Alvernaz, Jaime Garcia Goulart, José Pedro da Silva e Paulo José Tavares.

Dom João Paulino de Azevedo e Castro foi o 19.º bispo de Macau, tendo governado a Diocese entre 1902 e 1918. Nasceu nas Lajes do Pico, a 4 de Fevereiro de 1852, frequentou o Liceu da Horta, onde completou os estudos preparatórios, o Seminário de Coimbra e mais tarde o de Angra. Matriculou-se posteriormente no curso de Teologia da Universidade de Coimbra, na qual se formou. Foi ordenado sacerdote pelo bispo D. João Maria Pereira do Amaral e Pimentel e colocado na cidade de Angra do Heroísmo, onde iniciou funções como professor do Seminário Episcopal de Angra. Homem de saber eclético, foi encarregue da lecionação de várias disciplinas do curso do seminário, entre as quais teologia dogmática, direito canónico, geografia, história, filosofia e francês. Em 1889 foi apresentado cónego da Sé de Angra e em 1890 foi elevado à dignidade de tesoureiro-mor da mesma Sé. Em 1891 foi apresentado para prelado de Macau. A sagração episcopal ocorreu a 27 de Dezembro de 1902, na Igreja de Nossa Senhora da Guia do extinto Convento de São Francisco de Angra, imóvel onde então se encontrava instalado o Seminário Episcopal, sendo a primeira sagração episcopal realizada nos Açores.

Manteve sempre o desejo de regresso aos Açores, mas faleceu em Macau. Em 6 de Fevereiro de 1923 foram os seus restos mortais solenemente trasladados para a vila das Lajes do Pico, onde hoje é lembrado na toponímia e onde existe um monumento em sua memória. Também é lembrado na toponímia de Macau.

Dom José da Costa Nunes, nasceu na Candelária do Pico, 15 de Março de 1880. Estudou no Liceu da Horta e ingressou então no Seminário Episcopal de Angra em 1893.

Em 1902, quando frequentava o último ano de Teologia do Seminário e se preparava para a ordenação, foi convidado pelo vice-reitor daquele estabelecimento D. João Paulino de Azevedo e Castro, então eleito bispo de Macau, a acompanhá-lo como seu secretário particular, deslocando-se para aquela diocese, onde foi ordenado presbítero em 26 de Julho de 1903. Foi professor no Seminário de S. José, Vigário Geral da Diocese de Macau e Timor, governador do bispado e vice-reitor interino do Seminário.

Em 1920 foi eleito Bispo de Macau. A sua ordenação episcopal realizou--se na Matriz da Horta e entrou solenemente na sua diocese, a 4 de Junho de 1922, governando-a até 1940.

Em 11 de Dezembro desse ano, aos 60 anos de idade, foi nomeado pelo papa Pio XII para o lugar de arcebispo de Goa e Damão e arcebispo-titular de Cranganor, Primaz do Oriente, com o título de Patriarca das Índias Orientais. Partiu de Macau para a sua nova diocese a 25 de Novembro de 1941, possivelmente, devido à Segunda Guerra Mundial, cujos efeitos já se sentiam em Macau.

Entretanto, a 13 de Julho de 1953, a Santa Sé nomeara-o presidente da Comissão Permanente do Congresso Eucarístico Internacional, na Cúria Romana e o Papa João XXIII elevou-o a cardeal da Santa Igreja, com o título de cardeal-presbítero de Santa Prisca, a 19 de Março de 1962, impondo-lhe o barrete cardinalício a 22 de Março do mesmo ano. A 23 de Junho desse ano foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, pelo governo português.

Dom Manuel de Medeiros Guerreiro  nasceu em Santa Cruz, Lagoa, São Miguel, a 12 de Abril de 1891 e ingressou no Seminário de Angra, onde concluiu a sua formação, sendo ordenado presbítero a 24 de Agosto de 1913. Formou-se em de Filosofia e de Teologia na Universidade Gregoriana, em Roma e foi professor de Teologia e prefeito do Seminário Diocesano de Angra do qual, também, foi vice-reitor.

Em 1937 foi eleito bispo de São Tomé de Meliapor, tendo sido sagrado na Catedral de Goa. Em 1952, foi transferido para a Diocese de Nampula em Moçambique, que governou até 30 de Novembro de 1966. Faleceu a 10 de Abril de 1978, com 87 anos de idade

Dom José Vieira Alvernaz, nasceu na Ribeirinha do Pico, frequentou o Seminário de Angra e foi ordenado padre em 1920. Formou-se em Roma e foi professor e Reitor do Seminário de Angra, onde fora aluno brilhante. Em 1941, foi nomeado bispo de Cochim e em 1950, arcebispo-titular de Anasartha, arcebispo-coadjutor de Goa e Damão e patriarca-coadjutor das Índias Orientais. Em 1953, sucedeu a Dom José da Costa Nunes como Patriarca das Índias Orientais, cargo que exerceu até 1975, quando retirou-se do patriarcado e tornou-se arcebispo-emérito de Goa. Em 1961, depois da invasão indiana dos territórios portugueses, fugiu do território, regressando aos Açores, fixando-se em Angra onde viveu durante muitos anos, visitando com frequência o Seminário

Dom Jaime Goulart nasceu na Candelária do Pico, 10 de Janeiro de 1908 e faleceu em Ponta Delgada, 15 de Abril de 1997. Foi primeiro bispo da Diocese de Díli, que governou como administrador apostólico entre 1940 e 1942 e como bispo entre 1945 e 1967

Dom José Pedro da Silva nascido na freguesia de São Tomé, em São Jorge, frequentou o Seminário Episcopal de Angra, completando os seus estudos em Roma, na Faculdade de Teologia da Universidade Gregoriana, onde se licenciou. Foi ordenado sacerdote a 24 de Abril de 1943 na Basílica de São João de Latrão. Regressado a Angra, foi colocado como professor de Teologia no Seminário, sendo em 1953 nomeado diretor do jornal A União, órgão de imprensa propriedade da Diocese de Angra. Prosseguindo uma carreira eclesiástica brilhante, foi em 1955 nomeado vigário geral da Diocese de Angra e elevado a cónego da Sé, no ano imediato. A 31 de Julho de 1956 foi eleito bispo titular de Tiava e nomeado bispo auxiliar do Patriarcado de Lisboa, cargo que exerceu até 13 de Fevereiro de 1965, data em que foi eleito bispo de Viseu, cargo que manteve até ser aceite a sua resignação, por ter ultrapassado os 70 anos de idade, a 14 de Setembro de 1988.

Faleceu, em Viseu, onde vivia como bispo resignatário da diocese, no dia 23 de Maio de 2000. A Universidade Católica Portuguesa dedica-lhe no seu Centro Regional das Beiras uma biblioteca D. José Pedro da Silva, em homenagem ao seu labor em prol da expansão daquela universidade em Viseu.

Dom Paulo José Tavares, nasceu em Rabo de Peixe, ilha de S. Miguel, a 25 de Janeiro de 1920 e faleceu em Lisboa, a 12 de Junho de 1973. Foi ordenado sacerdote em Roma, onde se formou e onde permaneceu após o seu doutoramento em Direito Canónico, desempenhando uma longa carreira diplomática na Secretaria de Estado da Santa Sé de 1947 a 1961, sendo o primeiro açoriano a desempenhar um cargo neste importante dicastério da Santa Sé. Mais concretamente, desempenhou os cargos de adido, secretário, auditor e conselheiro de Nunciatura Apostólica. Considerado muito próximo do futuro Papa Paulo VI, Paulo José Tavares foi nomeado Bispo de Macau no dia 24 de agosto de 1961 pelo Papa João XXIII. Foi sagrado bispo na Igreja de Santo António dos Portugueses, em Roma, no dia 21 de setembro de 1961.

 

Depois de ir aos Açores despedir-se da sua família, chegou à então colónia portuguesa de Macau, no dia 27 de novembro de 1961, juntamente com o seu irmão e secretário particular, o padre Manuel Alfredo Tavares. Mas, rapidamente se ausentou de Macau para tomar parte em todas as sessões do Concílio Vaticano II, de 1962 a 1965. Durante o seu bispado, registou-se um desenvolvimento espetacular na área da assistência social aos necessitados e da educação da juventude dirigida pela Diocese de Macau. Mais concretamente, impulsionou a construção e ampliação de pelo menos vinte estabelecimentos assistenciais e de instrução católicos e criou o Conselho das Escolas Católicas.

Está sepultado no cemitério da sua freguesia natal, Rabo de Peixe, num sepulcro-capela mandado construir pela família. O seu nome está presente na toponímica de Rabo de Peixe.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por picodavigia2 às 11:14





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Outubro 2014

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031