Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O COMPASSO PASCAL

Domingo, 05.04.15

Hoje, 5 de abril, domingo de Páscoa as ruas da cidade de Paredes, como aliás de quase todas as cidades, vilas e aldeias do norte do país enchem-se de alegria, de música, de sons, de flores de cores, de sabores, de convívio e de partilha. É o compasso pascal! Trata-se duma tradição cristã que consiste na visita à casa de cada família que, eventualmente, a queira receber, do crucifixo levado por e de um pequeno grupo de paroquianos, com ou sem o seu pároco, liderados pelo Juiz da Cruz. O cruxifixo representa a presença de Jesus ressuscitado. O grupo, anunciado pelo toque de campainhas e do ribombar de foguetes, nalguns casos acompanhado por uma banda de música, percorre as várias casas dos outros paroquianos que manifestem vontade de receber esta visita de Jesus Ressuscitado no dia de Páscoa. Em cada uma das casas, após uma bênção inicial, moradores e convidados, familiares, vizinhos e amigos beijam a cruz como demonstração de respeito, alegria, crença e adoração. À frente vem normalmente um ou dois jovens cada um com uma sineta, que toca com maior intensidade anunciando a chegada da Cruz. Ao entrar, a casa é aspergida com água benta e anuncia-se a ressurreição do Senhor Jesus Cristo. De seguida é dada a cruz a beijar, começando sempre pelo chefe da casa.

A esta tradição tem-se associado diferentes formas de receber essa visita, ocasionadas por fatores diversos, alterando-a num ou noutro aspeto. Mas a verdade á que ela continua a ser encarada como uma forma de confraternização dos membros da comunidade paroquial, com a partilha de alimentos, alguns específicos desta quadra pascal. É também comum ser aproveitada para oferta de donativos pecuniários à paróquia, através do tradicional envelope entregue ao Juiz da Cruz. Na cidade de Paredes, como nas maiores localidades do norte são várias as cruzes que percorrem as ruas entrando nas casas que manifestam a vontade de receber a visita. Este desejo é assinalado, colocando junto à entrada um pequeno tapete de flores e verduras. O encerramento e recolha das cruzes é anunciado pelo toque da sirene dos bombeiros, A Visita ou Compasso Pascal é, na verdade, uma tradição cristã que se continua viva e que parece ter as suas origens na Idade Média. Geralmente tem lugar no Domingo de Páscoa, podendo, no entanto, acontecer na segunda-feira ou no domingo seguinte, conhecido como domingo da Pascoela, no caso de freguesias maiores. O Compasso pascal continua pois a consubstanciar.se e a impor-se como um ritual que faz parte do património imaterial e das memórias de todos quantos o vivenciaram ao longo dos tempos. Para muitos cristãos do Norte de Portugal, a visita pascal representa um dos momentos mais esperados e festejados da celebração da Páscoa e até de todas as festas anuais, sendo, nos meios rurais, uma ocasião de arranjar, limpar e, por vezes, restaurar a própria moradia, uma vez que se trata de uma das festas mais marcantes de cada ano. Por volta da meia-noite, em cada aldeia estoiram foguetes. De manhã, após a missa, tocam os sinos e sai o compasso. Vizinhos, familiares e amigos visitam-se reciprocamente e apressam-se a desejar "Feliz Páscoa" uns aos outros. Em muitas localidades ainda se atapetam as ruas e os caminhos com flores. Grupos de pessoas correm de casa em casa, não esquecendo um vizinho, pobre ou rico, um amigo. É um reboliço! Há risadas e gritos. Beijos e abraços. Em cada casa põe-se uma farta mesa de iguarias, doces e salgadas, vinho do Porto, vinho corrente, e outras bebidas.(Net). O dono da casa ou a pessoa mais velha convida os visitantes a sentarem-se um bocadinho, oferecendo-lhe da "mesa" onde nada falta, desde o pão-de-ló até ao "sortido", doces passando pelo vinho do Porto, vinho da última colheita, geropiga ou algum licor ou aguardente. Quem quer abeira-se da mesa e come sem cerimónia. Por volta do meio-dia, recolhe o compasso a casa do Juiz da Cruz para os elementos que o compõem irem almoçar. O rei é o cabrito assado ou o borrego. No final, uma girândola de foguetes diz que o "almoço" já terminou e que o ritual vai continuar da parte de tarde, visitando os restantes lugares e casas da freguesia.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por picodavigia2 às 01:10





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Abril 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930