Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



GOMES DIAS RODOVALHO

Domingo, 29.11.15

Hoje sabe-se que entre os primitivos moradores da ilha das Flores existia um número significativo de europeus, oriundos de vários quadrantes deste continente. Assim e segundo Pedro da Silveira, alguns dos mais ilustres nomes da população florentina atual denunciam uma origem estrangeira, muito embora os homens e as mulheres que para a ilha os levaram fossem todos portugueses.

À cabeça destes surge o nome de Gomes Dias Rodovalho da família dos Rodovalhos e primeiro capitão-mor e ouvidor da ilha das Flores, que, na sua origem, tinha sangue francês. Desconhece-se ao certo a origem desta família Rodovalho, mas alguns genealogistas pretendem que seja originária de França, da casa de Redoval, na Normandia, e que um seu membro emigrou para Portugal, fixando-se em Alcácer do Sal. Dizem também, que o apelido Redoval se aportuguesou em Rodovalho, o que parece mais forçado do que admitir que ele provém, muito simplesmente, do peixe com o mesmo nome. Constam como filhos do pretenso francês emigrado para Portugal, entre outros, um Diogo Vaz Rodovalho, que casou com Maria Esteves Cansado, em Viana do Alentejo, donde Gomes Dias também era natural e de quem, muito provavelmente, seria descendente.

Verdade porém é que Gomes Dias Rodovalho está para sempre ligado à história da ilha das Flores e, muito concretamente, à curta história da freguesia da Fajã Grande, já que terá sido ele o principal responsável pelo povoamento definitivo de grande parte da ilha e, juntamente com sua mulher, Beatriz Lourenço Fagundes, segundo o padre António Joaquim Inácio de Freitas, o primeiro casal a fixar-se no lugar onde hoje se situa da Fajã Grande.

Personagem coeva mas anterior a Dias Rodovalho é o capitão-donatário, João da Fonseca, também natural do Alentejo, que acompanhou às Flores, com o intuito de povoar a ilha, a primeira leva de colonos, entre os quais se encontrava Gomes Dias Rodovalho. Cuida-se que com eles chegaram, nomeadamente, Diogo Pimentel, Antão Vaz, Lopo Vaz, os irmãos Rodrigo Anes e Álvaro Rodrigues, Pedro Vieira e João Fernandes que se fazia-se acompanhar das suas sete filhas. Chegaram também os irmãos António e Pedro Fraga, com as respetivas mulheres e Jordão Rodrigues, Gonçalo Anes Malho e João Fernandes.

Segundo Frei Diogo das Chagas Gomes Dias Rodovalho, ainda solteiro, terá permanecido algum tempo na ilha Terceira, casando na Praia da Vitória, com Beatriz Lourenço Fagundes. Cuida-se que o próprio Frei Diogo Chagas era bisneto de Rodovalho. Só mais tarde o casal se deslocou para as Flores. Terá assim o nome Fagundes, muito possivelmente, levado para as Flores, a partir da Terceira.

O capitão-donatário João da Fonseca deu a cada um desses homens que aportaram à ilha, uma sesmaria ou seja um quinhão ou pedaço de terreno. Como regressasse, pouco depois, ao Reino a fim de ir mandando novos colonos para as Flores, deixou na ilha Gomes Dias Rodovalho como seu capitão-mor, ouvidor e sesmeiro ou distribuidor de terras. Assim terá sido Gomes Dias Rodovalho o primeiro capitão-mor das Flores, sendo também o responsável pela distribuição de terrenos pelos novos colonos que, entretanto, iam chegando à ilha.

Do casamento com Beatriz Lourenço Fagundes, Gomes Dias Rodovalho teve os seguintes filhos, todos eles nascidos nas Flores: Tomé e Francisco Gomes, ambos casados com filhas de Diogo Pimentel e Catarina Antunes; Gomes Dias Rodovalho, com nome igual ao do pai, casado com Luísa de Mendonça; Henrique Gomes, que casou com Inês Álvares; Ciprião Gomes, casado com Brízia Valadão; Fernão Lourenço, que foi casado em segundas núpcias com Violante Privado e que, por quatro vezes, a última das quais com mais de 80 anos, exerceu o cargo de ouvidor; Garcia Dias Fagundes, que foi mulher de Inácio Fraga, talvez estes os avós de Frei Diogo Chagas; Nuno Gomes, casado com Maria Pimentel.

 

NB – Dados retirados de Francisco António Gomes e da Net

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 00:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Novembro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930