Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



EU E AS VACAS (DIÁRIO DE TI ANTONHO)

Quarta-feira, 22.02.17

Desde criança sempre tratei de vacas. Até quando estive na América trabalhei durante muito tempo num rancho a ordenhar vacas. Nessa altura, até na América, o leite se tirava todo à mão. Dizem que agora já é tudo com mexins. Toda a minha vida trabalhei. Passei todos os meus dias só trabalhar. Trabalhei na lavoura e a tratar e tirar leite às vacas. Quando era pequeno até ia ajudar o meu avô, quando meu pai não precisava de mim. Aos dez anos comecei a tratar das vacas sozinho a tratar delas durante o dia. Depois de sair da escola, aos 12 anos, já tratava das vacas sozinho. No inverno leva-as para as relvas durante o dia e à noite ia busca-las e guardava-as no palheiro para se defenderem do frio. Mas durante o dia tinha que ir buscar comida, geralmente erva e incensos para elas comerem durante as noites que eram muito longas. No verão devido ao calor que se faz, durante o dia, nesta freguesia, fazia ao contrário. Ia levá-las às relvas à noite e busca-las de manhã. Durante o dia tinha que lhes dar comida. O meu irmão mais velho ia ceifar, sachar, mondar e semear com meu pai e eu é que tratava das vacas. Eu tratei sempre das vacas, andei sempre com as vacas, por isso, é que ainda hoje, apesar de velho ainda tenho uma vaca e uma gueixa. Gosto muito de tratar das vacas. A minha paixão, ainda hoje, é as vacas. É uma paixão tal que não posso passar sem ela. Quando vendo uma das minhas vacas ou a embarco para Lisboa fico muito triste, quase choro. Quando me adoece uma vaca também fico muito triste. Agora, estou a criar apenas uma vaca e uma gueixa para fazer dela vaca. A mãe já está velha. Quando a gueixa der cria vou engordar a vaca e embarcá-la para Lisboa. Enquanto Deus me der vida e saúde vou ter sempre uma vaca. Mas mesmo só uma vaca dá muito trabalho e consumição.

As vacas foram sempre o meu sustento. Sempre vendi algum leite e com o dinheiro comprava o que precisava. Mas a maior parte era para beber em casa e fazer queijo. A minha Maria também chegou a fazer manteiga em casa.

Mas tratar das vacas dá muito trabalho. Todos os dias, quer chuva torrencialmente, quer faça grandes temporais temos que tratar delas. No outono guarda-se fetos secos e rama e espiga de milho. Mas não dá para todo o inverno. Mesmo com mau tempo tem que se ir buscar molhos de erva e incensos e ir levá-las e busca-las às relvas. Mas mesmo assim eu adoro tratar das vacas. Gosto muito de tratar delas. Gosto muito de vacas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 00:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Fevereiro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728