Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



ERA UMA VEZ UM REI

Terça-feira, 19.12.17

(FÁBULA ÁRABE)

 

Era uma vez um rei muito rico. Tinha tudo, dinheiro, poder, conforto, centenas de súditos. Mas, ainda assim não era feliz.

Um dia, cruzou-se com um de seus criados, que assobiava alegremente enquanto esfregava o chão com uma vassoura. Observando-o, rei ficou intrigado. Como é que ele, um soberano supremo do reino, tão rico e tão poderoso, podia andar tão cabisbaixo enquanto um humilde servente que lavava o chão parecia desfrutar de tanto prazer? Por isso perguntou-lhe:

– “Por que estás tão feliz?”

– “Majestade, - retorquiu o criado - sou apenas um serviçal. Não necessito muito. Tenho um teto para abrigar minha família e comida quente para aquecer nossas barrigas”.

O rei não conseguia entender. Chamou então um dos seus conselheiros, aquele em quem mais confiava.

– “Majestade, creio que o servente não faça parte do Clube 99.

– “Clube 99?! O que é isso?”

– “Majestade, para compreender o que é o Clube 99, ordene Vossa Alteza que seja deixado um saco com 99 moedas de ouro na porta da casa desse seu criado”.

E assim foi feito.

Quando o pobre criado encontrou o saco de moedas à sua porta, ficou radiante. Não podia acreditar em tamanha sorte. Nem em sonhos tinha visto tanto dinheiro. Louco de contentamento esparramou as moedas na mesa e começou a contá-las.

- “…96, 97, 98… 99.”

Achou estranho serem 99. Achou que quem ali as deixara talvez tivessem tirado uma.

- Provavelmente eram 100 – pensou. Mas, por mais que procurasse, não encontrou a que faltava. Eram 99 mesmo.

De repente, por algum motivo, aquela moeda que faltava ganhou uma súbita importância para o criado. Com apenas mais uma moeda de ouro, uma só, ele completaria 100. Um número redondo! Uma fortuna de verdade.

Ficou então obcecado por completar seu recente patrimônio com a moeda que faltava. Por isso decidiu que faria tudo o que fosse preciso para conseguir mais uma moeda de ouro. Trabalharia dia e noite. Afinal, estava muito perto de ter uma fortuna de 100 moedas de ouro. E, daquele dia em diante, a vida do criado mudou por completo. Passava o tempo todo pensando em como ganhar uma moeda de ouro. Estava sempre cansado e resmungando pelos cantos. Tinha pouca paciência com a família que não entendia o que era preciso para conseguir a centésima moeda de ouro. Até parou de cantarolar enquanto varria o chão.

O rei, percebendo essa mudança súbita de comportamento, chamou o seu conselheiro.

– “Majestade, agora o servente faz, oficialmente, parte do Clube 99.”

E continuou:

– “O Clube 99 é formado por pessoas que têm o suficiente para serem felizes, mas mesmo assim não estão satisfeitas. Querem sempre mais e mais. Estão constantemente correndo atrás da moeda que lhes falta. Vivem repetindo que se tiverem apenas essa última e pequena coisa que lhes falta, aí sim poderiam ser felizes de verdade”.

E concluiu:

“Majestade, na realidade é preciso muito pouco para ser feliz. Porém, no momento em que ganhamos algo maior ou melhor, imediatamente surge a sensação de que poderíamos ter mais”. “Passamos a acreditar que, com um pouco mais, haveria de fato, uma grande mudança. E ficamos em busca de um pouco mais. Só um pouco mais. É assim que perdemos o sono, a alegria, a paz interior e machucamos as pessoas que estão a nossa volta. Esse pouco mais é o preço do nosso desejo.”

FÁBULA ÁRABE.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 00:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Dezembro 2017

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31