Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



MAR

Quarta-feira, 31.01.18

Do alto de um rochedo

Contemplo o mar:

- a sua beleza infinita,

- os soluços do seu marulhar.

 

Cada onda que se perde nos laredos

Acarreta, suave mas destemida:

 - a fereza das procelas,

 - os ecos de destinos naufragados.

 

Mas é neste mar que eu vejo espelhado

o nascer do sol, num fulgurado horizonte.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 00:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2018

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031