Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



QUATRO MOTIVOS DA FAJÃ GRANDE – IV

Sábado, 07.12.13

Os arados sulcaram a terra

e das sementes brotaram plantas que foram esperança

nos dias do povo.

 

Na praça os homens falavam da beleza do tempo:

 

            Ano como este nunca se viu.

            Vai haver muito milho.

            Vai ser um ano grande,

 

(Há quase dois meses o estaleiro vazio

e não há quem venda um alqueire de grão.)

 

Na terra as plantas crescem.

Crescem promessas

nos olhos do povo.

 

…Então

o vento soprou rijo da banda do mar

e a salmoura caiu sobre a terra

como uma semente de maldição.

 

E onde houve searas viçosas

ficou mais um ano de fomes

e os nossos corações sangrando.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 17:29





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031