Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



TERESA BARONESA

Quinta-feira, 12.12.13

“Teresa, baronesa, vem da rua cagar à mesa.”

Embora contendo um palavrão ou, como se dizia na altura, uma palavra feia, trata-se de um interessante adágio fajãgrandense, utilizado sobretudo pelos mais novos, não tanto para se dirigirem e fazerem alguma crítica às meninas da freguesia de nome “Teresa”, pois estas até nem eram muitas, mas a todas as raparigas que se apresentavam duma maneira e procediam doutra. No caso das “Teresas”, se os rapazes e as outras meninas lhes atiravam este adágio à cara, não era tanto para as criticar mas antes para as apoucar e vilipendiar, aplicando assim o adágio no sentido real.

Mas, no sentido figurado, este adágio também era utlizado para criticar qualquer menina que aparentemente se apresentasse com os pergaminhos de muito fina, de muita cerimónia, de muita grandeza e de fingida ostentação, como se duma baronesa se tratasse e afinal no fundo era capaz de praticar as atitudes mais mesquinhas, mais mal-educadas ou até plenas de indignidade e de falta de educação. Por outras palavras, o adágio condenava aquelas meninas e talvez toda e qualquer pessoa que se apresentasse ostensivamente muito educada e fina, mas afinal era capaz de praticar as maiores barbaridades. Mostrar aos outros o que não somos, pavonearmo-nos num fingimento disfarçado é indigno de quem quer que seja e condenável a todos os níveis e deve ser denunciado, neste caso com palavras duras.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 22:50





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031