Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



ALGUNS PROVÉRBIOS SOBRE O NATAL

Quinta-feira, 19.12.13

{#emotions_dlg.painatal} Uns citados de memória, outros retirados de livros, calendários e almanaques, aqui se transcrevem alguns provérbios populares sobre o Natal, muitos dos quais utilizados outrora na Fajã Grande e que estão assinalados com um asterisco:

 

“Ande o frio por onde andar, há-de vir pelo Natal.

Ande o frio por onde andar, no Natal cá vem parar.”

Caindo o Natal à 2ª feira, tem o lavrador que alugar a eira.

De S.ª Catarina ao Natal, um mês igual.

Do Natal a Santa Luzia, cresce a noite e mingua o dia.

Do Natal à Sta. Luzia, cresce um palmo em cada dia.*

Dos Santos ao Natal, cada dia mais mal; do Natal ao Entrudo, come capital e tudo.

Dos Santos ao Natal, é Inverno natural.*

Dos Santos ao Natal, um salto de pardal.*

Mal vai Portugal se não há 3 cheias antes do Natal.

Não há ano afinal que não tenha o seu Natal.*

Não há porco que não tenha o seu Natal.*

Natal em casa, junto à brasa.
Natal na praça, Páscoa em casa. Natal em casa, Páscoa na praça.*

No Natal semeia o teu alhal se o quiseres cabeçudo, semeia-o  pelo Entrudo.

Pelo Natal se houver luar, senta-te ao lar; se houver escuro, semeia outeiros e tudo.*
Pelo Natal, cada ovelha no seu curral.
Pelo Natal, neve no monte, água na ponte.
Pelo Natal, sachar o faval.*
Pelo Natal, tenha o alho bico de pardal.

Quando o Natal tem o seu pinhão, a Páscoa tem o seu tição.

Quem quer bom ervilhal semeia antes do Natal.*

Quem varejar antes do Natal, deixa o azeite no olival.

Se te queres livrar de um catarral, come uma laranja antes do Natal.*

Tudo a seu tempo, e os nabos no Advento.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 00:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031