Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



QUATRO MESES

Sexta-feira, 20.12.13

Gosto de gráficos, gosto de estatísticas, embora elas “valem o que valem”. Na realidade é muito interessante e deveras sedutor analisar e tentar compreender melhor a realidade que nos rodeia através de mapas, gráficos e números. A Internet possui, acessíveis aos blogues, variados meios de identificar e conhecer, através de mapas e números, a quantidade de visitantes de um blogue, identificando, também, o seu país ou região de origem.

Alguns mapas de estatísticas que o “Pico da Vigia” tem anexos, permitem concluir, hoje, que em quatro meses este blogue sobre a Fajã Grande das Flores, nos Açores, recebeu cinco mil visitas, precisamente outras tantas como as que contabilizara até ao dia 25 de Setembro, do ano transacto. Conforme a estimativa feita nessa altura, aquele número de visitantes, muito provavelmente, dizia respeito a um período de aproximadamente nove meses, uma vez que o actual contador de visitas fora colocado no blogue, apenas no dia 29 de Dezembro de 2010. Sendo assim, conclui-se que, agora, em menos de metade do tempo das primeiras cinco mil visitas, ou seja em quatro meses, o “Pico da Vigia” conseguiu alcançar igual número de visitantes.

Como os acessos ao blogue que são da responsabilidade do seu autor, ou seja, aqueles em que a ele tem que lá entrar para colocar os textos, emendar um ou outro erro, rectificar alguma incorrecção, corrigir algum gralha, substituir ou alterar alguma palavra ou expressão, consultar os “tags” a fim de verificar os textos já colocados, são praticamente os mesmos, em termos de frequência e quantidade, conclui-se que o número de internautas que acedem ao “Pico da Vigia” tem crescido exponencialmente.

Os sistemas ou meios de contagem e os vários tipos de mapas, permitem identificar, como na altura foi referido, os países e as localidades de cada país onde se efectuam as visitas. Em 25 de Setembro, o número países era de vinte e seis, agora já são trinta e três, sendo que muitos deles como a China, a Rússia, a Roménia, o Iraque, por exemplo, muito provavelmente tenham visitado o “Pico da Vigia” por mero acaso. Acrescente-se, no entanto, que alguns países como a Holanda e a Bélgica subiram substancialmente o número de visitas, embora a grande fatia de internautas a entrar no blogue, depois de Portugal, continue a pertencer aos Estados Unidos, ao Canadá e ao Brasil.

Relativamente a Portugal também é possível analisar o acesso a um blogue distrito a distrito ou região a região. Os Açores, onde o “Pico da Vigia”, por vezes, também tem sido elaborado e a cuja temática está ligado, estão à frente, seguindo-se Lisboa e Porto, distrito onde o blogue é feito. Seguem-se: Évora, Aveiro e Setúbal, sendo que Beja e Guarda são os últimos, com um reduzidíssimo número de visitas.

Na perspectiva de dar continuidade a este crescimento, o “Pico da Vigia” pretende manter os objectivos iniciais ou seja, em primeiro lugar “regressar” à Fajã Grande das Flores, recordar pessoas, contar estórias, lembrar costumes e tradições e, de mistura, trilhar os caminhos da ficção e abordar um ou outro tema da actualidade, não apenas da ilha das Flores mas das restantes ilhas açorianas, com especial referência para a ilha do Pico.

Texto publicado, em 25/01/12, No Pico da Vigia. Os dados acima referidos dizem respeito ao mesmo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por picodavigia2 às 09:22





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Dezembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031