Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



NATAL DAS ILHAS

Sábado, 21.12.13

 

{#emotions_dlg.xmastree}{#emotions_dlg.xmastree}{#emotions_dlg.xmastree}{#emotions_dlg.xmastree}{#emotions_dlg.xmastree}{#emotions_dlg.xmastree}{#emotions_dlg.xmastree}{#emotions_dlg.xmastree}{#emotions_dlg.xmastree} 

(POEMA DE VITORINO NEMÉSIO)

 Natal das Ilhas. Aonde

 O prato do trigo novo,

 A camélia imaculada,

 O gosto no pão do povo?

 Olho, já não vejo nada.

 Chamo, ninguém me responde.

 

 Natal das Ilhas. Serão

 Ilhas de gente sem telha,

 Jesus nascido no chão

 Sobre alguma colcha velha?

 

 Burra de cigano às palhas,

 Vaca com língua de pneu,

 Presépio girando em calhas

 Como o eléctrico, tu e eu.

 

 Natal das Ilhas. Já brilha

 Nas ondas do mar de inverno

 O menino bem lembrado,

 Que trouxe da sua ilha

 O gosto do peixe eterno

 Em perdão do seu passado.

 

 

Vitorino Nemésio, Sapateia Açoriana

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 00:22





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031