Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



ENCONTRO DE ANTIGOS ALINOS DO SEA

Segunda-feira, 30.12.13

Nos primeiros dias de Julho reencontraram-se, em Angra, mais concretamente no Seminário Diocesano, cerca de meia centena de antigos alunos que, nos anos 50 e 60, do século passado, frequentaram e fizeram, se não toda, pelo menos uma boa parte da sua formação académica e humana naquela prestigiosa instituição de ensino. Com um programa recheadíssimo, onde houve tempo para reapresentar, para reflectir, para recordar e, de modo muito especial, para prestar homenagem, os antigos seminaristas que se formaram nas duas primeiras décadas da segunda metade do século passado tiveram uma oportunidade única e inequívoca de reencontrar antigos colegas e professores, bem como de percorrer os espaços onde, ao longo de doze anos, viveram o seu dia-a-dia e fizeram a sua formação. Do programa elaborado pela equipa coordenadora, ressaltaram momentos importantes e inesquecíveis, como a recepção e o acolhimento no Hotel Angra, para os que não se reencontravam há quase meio século, a visita ao Seminário, situado na rua do Palácio, a apresentação de fotografias antigas, textos e testemunhos e o jantar, precisamente no refeitório do Seminário.

O segundo dia foi dedicado à recriação e à reflexão, iniciando-se com um passeio pelas ruas de Angra, por onde outrora, nas tardes de quintas e domingos, transitavam os seminaristas, vulgarmente alcunhados por estorninhos, com destino ao Monte Brasil, ao Relvão, Pátio da Alfandega e Jardim da Cidade. Seguiu-se um jogo de futebol, no velhinho campo onde outrora, diariamente, se disputavam renhidas partidas. De tarde realizaram-se dois fóruns, o primeiro com as palavras do Dr. Álvaro Monjardino –“ A influência da Instituição (SEA) na cidade de Angra e na Região Açores, nas décadas de 50 e 60” e um segundo, com a intervenção do Dr. Artur Cunha de Oliveira, sobre o tema – “O Concílio Vaticano II e a reacção da Igreja Açoriana na década de 60.” Seguiu-se um animado e interessante debate. À noite, realizou-se uma espécie de réplica dos Saraus Musico-Literários, que tiveram, na altura grande impacto no meio cultural e artístico angrense, sendo todos os poemas declamados da autoria de antigos alunos do Seminário.

Na manhã do último dia, foi prestada homenagem à Instituição, aos professores e alunos, através do descerramento de uma placa evocativa do momento. No próximo número, o Dever divulgará o texto, proferido, na altura, por um antigo aluno. Após esta efeméride foi celebrada, na própria capela do Seminário, uma missa em memória dos professores e alunos falecidos. No momento da homilia foi lido o testemunho de Manuel Emílio Porto, falecido em 12 de Abril, mas que havia programado a sua presença naquele encontro.

O encerramento, na tarde de domingo, culminou num passeio de autocarro pela ilha Terceira, com passagem pelo Monte Brasil, Silveira, São Mateus, Cinco Ribeiras, Serreta e Praia da Vitória, com regresso a Angra. À noite houve um jantar de encerramento no Hotel Angra.

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por picodavigia2 às 09:24





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031