Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



MORRA SANSÃO E TODOS OS QUE AQUI ESTÃO

Sexta-feira, 10.01.14

Sansão é um personagem bíblica, do Antigo Testamento, cujo nome significava "homem do sol" e era, segunda a Bíblia Sagrada, dotado de extraordinária força. Era um dos juízes bíblicos cuja história está descrita no Livro dos Juízes (13-16).

Antigamente na Fajã Grande, entre muitas outras estórias também se contava a de Sanção, um homem que fora chamado por Deus para libertar o povo de Israel que vivia debaixo do domínio dos Filisteus. Estes, temiam a extraordinária força de Sanção e, por isso, tentavam, sem sucesso, prendê-lo. Ora os chefes dos Filisteus, sabendo que Sansão estava apaixonado por Dalila, uma filisteia muito bela e bonita, aliciaram a jovem, com ouro e prata, a fim de que ela descobrisse a origem e o segredo daquela tremenda força de Sansão. Dalila amava Sansão, mas este amor era inferior ao que sentia pelo seu povo. Por isso, com o seu grande poder de sedução, tentou não só desvendar o segredo da força de Sanção mas também arranjar uma forma para que ele fosse dominado pelos filisteus.

Primeiro, Sansão disse-lhe que ficaria vulnerável como qualquer outro homem, se o amarrassem com sete fibras novas de arco que não tivessem sido secas. Dalila atou Sansão com as sete fibras, durante o sono mas, mas quando os Filisteus chegaram para o levar, ele arrancou as fibras sem dificuldade. À segunda tentativa de Dalila, Sansão disse-lhe que seria, facilmente, dominado se fosse amarrado por cordas novas, mas também destas se libertou, sem custo, quando chegaram os Filisteus. A terceira versão de Sansão foi tão falsa como as duas anteriores, pois quando Dalila teceu as sete madeixas do cabelo de Sansão com uma rede e as apertou com um gancho, durante o sono de Sansão, este voltou a libertar-se facilmente. Foi então que Dalila (não se sabe através de que artes) conseguiu saber o segredo da força de Sansão. Este disse-lhe que, se os seus cabelos fossem cortados, a sua força abandoná-lo-ia e ficaria fraco como uma criança. Sansão adormeceu no colo de Dalila e esta, suavemente, cortou-lhe os caracóis dos cabelos. Acordado pela chegada dos Filisteus, Sansão acreditava ainda ter força, mas foi, rapidamente, dominado pelos soldados filisteus, que lhe perfuraram os olhos e o prenderam com algemas de bronze.

Sansão foi exposto e humilhado, publicamente, no caminho do templo de Dagôn, onde foi amarrado aos dois pilares que sustentavam o enorme edifício. A população juntou-se aos milhares para ver a derrota e o fim de Sansão mas este, num último esforço, pediu a Deus que lhe devolvesse a força, por instantes. Foi, então, com um esforço gigantesco e heróico, fez ruir os pilares do grandioso, causando a destruição a sua destruição e, consequentemente, a morte dos Filisteus, de Dalila e a sua. Antes, porém, exclamou em altos gritos:

- Morra Sansão e todos os que aqui estão!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 21:03





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Janeiro 2014

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031