Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



MANTEIGA

Quarta-feira, 19.06.13

A manteiga é um produto extraído do leite, cuja nata, depois de batida, se transforma numa emulsão de gordura, que pode ser usada, por exemplo, sobre fatias de pão ou bolo, ou ainda para cozinhar. É produzida onde há actividade pecuária, e as suas origens são antiquíssimas, cuidando-se que remontam à pré-história. Existem diversos tipos e marcas de manteiga, mas de excelente qualidade é a dos Açores, nomeadamente a do Pico e Flores, assim como a Vancaten, produzida na Suíça.

A manteiga é composta por cerca de 80% de gordura, sendo a parte restante constituída por água, resíduos de lactose e de butirina, um outro tipo de gordura, pelo que a manteiga se torna um alimento muito rico em gorduras saturadas, colesterol e calorias, sendo recomendável em doses moderadas para desportistas ou pessoas que tenham um grande consumo energético. Salvo especiais condições de saúde, a manteiga, apesar de tudo, parece ser compatível com uma dieta sã e equilibrada e é fácil de digerir apesar do seu conteúdo em gordura.

Paralelamente existe a manteiga vegetal ou margarina que se obtém de gorduras alimentares de origem vegetal e que é utilizada como alternativa à manteiga.

O seu nome deriva da descoberta do "ácido margárico" por Michel Eugène Chevreul, em 1813 mas foi em 1860, que o imperador Napoleão III da França ofereceu uma recompensa a quem conseguisse encontrar um substituto satisfatório e mais barato para a manteiga, a fim de que as classes sociais baixas e para os soldados pudessem dela desfrutar. Então, em 1869, o químico Hippolyte Mège-Mouriés inventou e preparou com gordura de vaca, uma nova substância ou tipo de manteiga, à qual extraía a porção líquida sob pressão e depois deixava-a solidificar; em combinação com butirina e água, resultando assim um substituto para a manteiga, com sabor semelhante ao dela.

Modernamente, a margarina é produzida através de uma grande variedade de gorduras vegetais, geralmente misturadas com leite desnatado, sal e emulsionantes.

Durante muito tempo pensou-se que a margarina era mais saudável do que a manteiga, mas actualmente gerou-se alguma controvérsia sobre esta tese. Apesar de tudo, alguns nutricionistas ainda pensam assim, uma vez que a margarina possui menos gorduras saturadas do que a manteiga obtida a partir do leite.

Consumida em quantidades moderadas, a manteiga não eleva o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares ou outras, mas aos doentes que sofrem de insuficiência renal, está radicalmente interdita. A manteiga, sobretudo fresquinha, saborosa e apetecível, colocada em cima do pão quente, derrete-se e penetra-o, conferindo-lhe um sabor inconfundível e inolvidável.

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por picodavigia2 às 19:48





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Junho 2013

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30