Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



SWAP

Quinta-feira, 04.07.13

A Export Tudkepod Campanny é uma empresa portuguesa cuja actividade é a exportação de alguns produtos nacionais: galochas de homem e senhora, ferraduras de cavalo, ganchos para a apanha de cracas, pinhas para acender lareiras, calços de janela, pinças para depilação, pegas para tachos, atacadores, palitos, copos de plástico etc e que optou por ter as suas receitas, em dólares e as dívidas em euros, corrigidas umas e outras por juros pós-fixados. Esta empresa quer trocar o "risco cambial" (relativo à variação do dólar) pelo "risco de juros pós-fixados", ou seja, seu objectivo no contrato de swap é de se proteger contra riscos cambiais, conseguindo, obviamente, ganhos mais elevados.

Por sua vez a empresa chinesa Chó Peg Chui é uma empresa retalhista, estabelecida há alguns anos em Portugal, e que tem como objectivo importar produtos chineses, a fim de os vender no nosso país, tais como, bonés, calções de praia e biquínis, soutiens e cuecas senhora, pastilhas elásticas, balões, carrinhos, isqueiros, portas chaves, guarda-chuvas, pisa-papéis etc. Ao contrário da Export Tudkepod, esta empresa optou por ter as dívidas atreladas ao dólar e as receitas, em euros, que assim são aplicadas no mercado e remuneradas a uma taxa de juros. pós-fixada. Esta empresa quer justamente o oposto acima referida: trocar seu risco referente à variação da taxa de juros pelo risco cambial.

As duas empresas optaram por estabelecer um contrato recíproco, com intermediação de uma instituição financeira, para fazer a troca swap Save waste and prosper, ou seja uma "permuta" de operações em que há troca de posições quanto ao risco e rentabilidade, pois o objectivo deste negociate é proteger ambas as empresas de uma eventual escalada das taxas de juro.

O "Swap" ou “troca” é uma transacção financeira em que duas partes concordam em trocar fluxos de pagamentos ao longo de um período, de acordo com uma regra predeterminada. Uma "swap" geralmente é utilizada para transformar a exposição (risco) de mercado associada a um empréstimo ou obrigação realizados com base numa moeda ou taxa de câmbio (termos fixos ou taxa flutuante) para outra

É assim que um leigo em finanças, entende o que é um swap, mas interroga-se, permanentemente: Para além das empresas, acima referidas quem mais beneficia e quem é prejudicado pelos contractos swaps?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 23:26





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Julho 2013

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031