Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



FF

Domingo, 28.07.13

As Farturas são uma especialidade portuguesa, adaptada dos finos churros espanhóis, mas mais grossas e substanciosas. Feitas com uma massa especial, à base de farinha, açúcar e ovos, as farturas, depois de fritas em óleo bem quente, são polvilhadas com açúcar em pó e canela, também, em pó, tornando-se um pitéu muito apreciado e saboroso. A massa, para o seu fabrico, é colocada numa espécie de seringa gigante que as vai despejando circularmente sobre o óleo a ferver, dando-lhe a forma de uma banana ou de um uma linguiça e que depois é cortada em grandes pedaços. Por sua vez, as filoses, tipicamente açorianas, são feitas com uma massa muito semelhante à massa sovada, mas menos doce e, depois de esticadas com a mão, são colocadas a fritar, adquirindo uma forma redonda ou oval. São também muito apreciadas e comidas sobretudo por altura do Carnaval ou de outras festas.

Não há nada como comer uma fartura ou uma filó, ainda quentinha, com o cheiro da massa e, sobretudo, o da canela, misturados com o barulho das tesouras e dos clics dos corta-unhas, de uma pédicure cuidadosa e meiga. São luzes coloridas que suavizam e aliviam a dor e o sofrimento.

No entanto, é necessário ter em conta que o consumo regular de alimentos fritos como as farturas ou as filoses está associado a um risco aumentado de desenvolvimento de doenças diversas. Mas são sobretudo os doentes que sofrem de insuficiência renal que se devem abster quer das farturas quer das filoses, não apenas por serem fritas mas também por conterem grande quantidade de gema de ovo, muito rica em proteínas. Essa a razão por que eu próprio devo, também, abdicar totalmente da saborosa, apetecível e muito apreciada FF.

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por picodavigia2 às 10:47





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Julho 2013

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031