Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O PEIXINHO ENCANTADO

Terça-feira, 03.09.13

Era uma vez uma mulher que tinha um filho que, para além de parvo, era muito preguiçoso. Não a ajudava em nada, não fazia nada com jeito e só lhe dava trabalhos e consumições.

Certo dia em que soube que um rapaz da vizinhança ia buscar lenha, pediu-lhe que levasse o filho com ele e que também lhe fizesse um molhinho de lenha, pois já nenhuma tinha em casa para acender o lume.

O rapaz assim fez e apanhou dois molhos de lenha enquanto o parvo se entretinha a brincar junto de um lago, sem fazer coisa nenhuma. De repente salta do lago um pequeno peixinho que o parvo logo agarrou. Muito aflito e com medo de morrer nas mãos daquele pateta o peixinho implorou-lhe:

- Se não me matares e deixares voltar para o lago, dar-te-ei tudo o que quiseres. Basta que digas: “Peixinho, peixinho, dá-me isto ou aquilo” e tudo te será concedido.

O parvo mais assustado do que benevolente deixou cair o peixinho no lago. Pouco depois o rapaz chamou-o, dado que já tinha os dois molhos de lenha prontos. O parvo achou o molho muito pesado e de imediato disse:

- “Peixinho, peixinho, põe-me a cavalo em cima deste molho”.

Saltou para cima do molho que o levou a cavalo até a casa para espanto do rapaz, de toda a cidade e sobretudo do próprio rei, que estava à janela e chamou logo a filha para ver aquele fenómeno tão raro e estranho.

O parvo ao ver a princesa disse:

- “Peixinho, peixinho, casa-me com a princesa.”

Algum tempo depois a princesa adoeceu de tal maneira que não havia médico ou remédio que a curasse. O rei chamou, então, ao palácio todos os curandeiros e bruxos do reino a ver se a curavam mas nenhum o conseguiu fazer. O parvo também se apresentou embora ninguém acreditasse que ele curaria a princesa. Ao chegar junto dela pediu: “ - Peixinho, peixinho cura a princesa” e esta, de imediato ficou curada.

O rei quis saber como tinha conseguido tal proeza e o parvo acabou por lhe contar tudo. O rei então propôs-lhe:

- Pede ao teu peixinho encantado que te faça um rapaz perfeito, inteligente e trabalhador. O parvo assim o fez, transformando-se num belo e bondoso príncipe que, algum tempo depois casou com a princesa passando a substituir o rei na governação do reino. Levou a mãe para o palácio e recompensou-a por todas as arrelias, trabalhos e consumições que lhe havia causado.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 12:00





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930