Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



UM REGISTO DE BAPTISMO DO ARQUIVO PAROQUIAL DA FAJÃ GRANDE, NOS FINAIS DO SEC. XIX (1874)

Quarta-feira, 18.09.13

Eram assim os registos de baptismo nos finais do sec. XIX, na Fajã Grande. Aqui se transcreve “ipsis verbis” o assento de um dos primeiros baptismos que foram realizados na nova paróquia de São José da Fajã Grande, desanexada da paróquia de Nossa Senhora do Remédios da Fajãzinha, e criada por alvará de D. Frei Estevam de Jesus Maria, Bispo de Angra, em 20 de Junho de 1861:

            “Aos cinco dias do mez do Julho do anno de mil oito centos setenta e
quatro, nesta Egreja Parochial de São Jose da Fajam Grande Concelho da
Villa das Lagens ilha das Flores Diocese de Angra, Baptisei solennemente
hum individuo do sexo feminino a quem dei o nome de Maria, que nasceo no
lugar da Ponta desta Freguesia pelas cinco horas do dia primeiro do
corrente mez e anno, filha natural primeira do nome de Izabel Thomasia
solteira governo domestico natural e moradora no mesmo lugar da Ponta e
Parochiana desta mesma Freguesia, e de Pai incognito, Neta Paterna de Avos
incognitos, e Materna de Antonio Jose Jorge, e de Anna Luiza, foi Padrinho
seu avo paterno, cazado, trabalhador, Madrinha sua mulher Anna Luiza que
governa sua casa, os quaes todos sei serem os proprios.  E para constar
lavrei em duplicado este assento que depois de ser lido e conferido
perante os Padrinhos nao assinaram por nao saberem escrever.  Era ut
supra. O Vigario Antonio Jose da Freitas.”

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 12:01





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930