Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A BELA ADORMECIDA

Sábado, 22.03.14

Avó, conte mais uma estória, aquela da Bela Adormecida. Esperava um pouco, sentava-se à janela de perna cruzada e começava:

 

Era uma vez um rei e uma rainha que viviam num belo palácio e governavam um grande reino.

Certo dia tiveram uma grande alegria. Uma cegonha aproximou-se de palácio e, dentro duma cestinha, trazia-lhes uma bela menina. O rei e a rainha ficaram tão contentes, tão contentes que, no dia do baptizado da princesa resolveram dar uma grande festa para a qual convidaram as pessoas mais importantes do reino. Foram, também, convidadas três fadas que seriam as madrinhas da princesa e que as haviam de prendar com as melhores qualidades e os maiores dons que um ser humano pode ter. As fadas chamavam-se Flora, Fauna e Primavera.

Realizaram-se os festejos e, a meio da festa, Flora decidiu conceder à princesa o dom da beleza. De seguida Fauna, aproximando-se da menina deu-lhe o dom da música. Finalmente a terceira fada, a Primavera aproximou-se do berço da menina, para também lhe conceder um dom. Nesse momento, porém, sem que ninguém se apercebesse, entrou no palácio uma bruxa má e invejosa que, subitamente, se aproximou do berço antes da boa fada Primavera, gritando:

- Quando fizeres dezasseis anos vais picar-te no fuso de uma roca e morrerás!

E dando uma enorme gargalhada desapareceu no ar...

Estarrecidos, os reis suplicaram à fada Primavera que retirasse aquele feitiço e desse à sua querida menina um dom que a libertasse da morte.

- Não tenho poderes para isso, - respondeu a fada - apenas posso torná-lo mais suave.

Aproximou-se da princesa e tocando-a na testa com a sua varinha de condão, disse-lhe:

- Não morrerás...adormecerás profundamente, até que um beijo de amor te desperte!

Os anos passaram e a menina cresceu e transformou-se na mais bela e bonita princesa, passando a viver num bosque, perto do palácio, sempre sob os cuidados atentos das três fadas. Ao completar dezasseis anos, as fadas levaram-na para o castelo, para junto dos pais. Percorreu todas as salas do palácio e, numa delas, encontrou uma velha que estava a fiar numa roca, e lhe pediu ajuda. A princesa, boa como era, não foi capaz de dizer que não. Mas mal tocou na roca, picou-se, e caiu no chão profundamente adormecida.

Quando as três fadas, que já haviam regressado ao bosque, souberam do sucedido, resolveram encantar o castelo. Todos adormeceram nos lugares onde estavam, o rei, os músicos, os cortesãos, os criados, até o bobo da corte e as aias e os cavaleiros! O tempo ali como que parou.

Decorridos cerca de cem anos, um dia, andando à caça, um belo príncipe passou no bosque ao lado do castelo abandonado Admirado por não ver ninguém lá dentro resolveu entrar. Percorreu todas as salas e numa delas encontrou uma linda e bela princesa, a dormir. Admirado com a presença da jovem e maravilhado com tanta beleza e com o seu ar bondoso, curvou-se sobre ela para a ver melhor e beijou-a com todo o amor.

O feitiço desfez-se! A princesa acordou. Acordou o rei, a rainha também e toda a corte. E a alegria voltou ao castelo, e fizeram-se grandes festejos, com música e danças por todo o lado.

O príncipe pediu a jovem em casamento e fez-se a maior boda de todos os tempos, e os dois jovens viveram felizes para sempre.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 18:06





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031