Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A CANADA BATEL/BANDEJA

Sexta-feira, 04.04.14

Na década de cinquenta, ainda existiam vestígios de uma antiga canada que ligava o lugar do Batel à Bandeja, sendo nessa altura muito pouco utilizadas, apenas ou exclusivamente, por quem tinha terras naqueles andurriais.

A canada iniciava-se precisamente em pleno lugar do Batel, mais precisamente no descansadouro que existia naquele interessante e histórico local, a meio e à direita de quem subia a ladeira com o mesmo nome. A canada iniciava-se como que aproveitando o amplo espaço do descansadouro e, depois, prolongava-se na direcção leste/oeste, com destino ao caminho que começava no Cruzeiro e seguia pela Bandeja até às Queimadas. Ingreme e sinuosa, cheia de pedregulhos, muitas vezes servindo-se das próprias propriedades, esta canada desembocava, precisamente, na ladeira da Bandeja, quase formando um cruzamento com uma sua congénere que comunicava com o Outeiro e que mais se assemelhava ao seu prolongamento.

Quase inacessível, esta velha canada que hoje, muito provavelmente, terá desaparecido por completo, decerto que serviu, talvez nos primórdios do povoamento da freguesia, de caminho aos nossos avoengos, muito provavelmente quando o caminho Alagoeiro/Lavadouros ainda não existia e, por isso mesmo, naquela altura já apenas remanescia mais como um marco histórico, um mito, uma lenda, talvez, do que uma via rodoviária de interesse e utilidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 12:43





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2014

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930