Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



ANTÓNIO CORDEIRO

Quinta-feira, 12.04.18

O Padre António Cordeiro nasceu em Angra do Heroísmo no ano de 1640 e faleceu em Lisboa, a 22 de Fevereiro de 1722. Para além de teólogo e filósofo foi um notável historiador. O sexto e último filho de Manuel Cordeiro Moutoso e Maria de Espinosa, por linha materna aparentado com a fidalguia castelhana, fez os primeiros estudos no Colégio da Companhia de Jesus, na cidade natal, aí adquirindo notável cultura clássica. Em 1656, com destino a Coimbra, embarcou na armada castelhana que regressava da América, comandada pelo seu parente Álvaro de Bustamante. Uma peripécia de guerra naval entre a armada e os ingleses, já perto de Cádis, de que escapou apenas o navio em que viajava, saldou-se no infeliz episódio da sua prisão em Cádis. Acusado de ter sabido da presença dos ingleses e nada ter dito, foi condenado à morte. Após o insucesso de fuga, que lhe agravou mais a situação, revogaram-lhe a pena e libertaram-no, graças à acção de Bustamante. Numa travessia memorável, sempre a pé, dirigiu-se ao Algarve, por Ayamonte, seguindo por Tavira, Faro e Lagos, onde ainda grassava a peste; alcançou Setúbal e aí, de novo preso por vir dos lugares da peste, esteve por quarenta dias num areal solitário. Levantada a interdição, continuou, por Lisboa, até Coimbra, onde, finalmente, se matriculou na Universidade em Cânones e Filosofia. A 12.6.1657 entrou para a Companhia de Jesus. Fez votos em 1659. Mestre em Artes, regressou aos Açores como professor de Humanidades Clássicas no Colégio de S. Miguel. Anos mais tarde regressou a Coimbra, a fim de estudar de Teologia, tendo-se ordenado prebítero, provavelmente, em 1671. No tempo em que decorreu o terceiro ano do seu noviciado em Lisboa, pregou uma missão em Peniche e foi chamado para nova missão na comarca de Chaves, onde uma tentativa de assassinato por envenenamento o levou às portas da morte. Levado para Braga, ali se restabeleceu, regressando posteriormente a Lisboa como substituto do Páteo do Colégio de Santo Antão, onde permaneceu por três anos, ensinando Humanidades e Retórica. Entre 1676 e 1680, ocupou a cátedra de filosofia no Colégio das Artes de Coimbra, seguindo-se a de Teologia, cuja docência se estendeu até 1696, ano em que foi privado da cátedra e afastado de Coimbra por serem o seu ensino e método pouco ortodoxos. Nos anos seguintes, até 1712, exerceu actividade docente em Braga, Porto e Lisboa. Por volta de 1713, nesta última cidade, a ordem do Superior Geral foi obrigado ao isolamento na Casa do Paraíso, para que ali se dedicasse à reunião das suas lições, o que fez, tendo preparado seis tomos de vulto. Concluído o trabalho em 1716, assumiu, no ano seguinte, as funções de Padre Espiritual e Examinador Sinodal no Colégio de Santo Antão de Lisboa, aí permanecendo até à hora da morte. A sua obra divide-se em três áreas: Filosofia e Teologia – Cursus Philosophicus Conimbricensis  e Theologia Scholastica, Direito – Resoluções Teojurísticas, onde se dedica a matérias do foro jurídico: testamentos, dotes, morgados ou capelas vinculares, etc.; e História: História Insulana, que traça a história das ilhas açorianas, também Cabo Verde e Madeira, cuja principal fonte foi a obra manuscrita Saudades da Terra, de Gaspar Frutuoso, que este legara, em 1591, ao Colégio da Companhia de Jesus de Ponta Delgada, e Loreto Lusitano, obra dedicada à história do Santuário de N.ª S.ª da Lapa, na diocese de Lamego.

Obras: Cursus Philosophicus Conimbricensis. Ulyssipone, Ex Officina Regia Deslandesiana, Historia Insulana das Ilhas a Portugal Sugeytas no Oceano Occidental,  In praecipua partium Divi Thomae Theologia Scholastica. Ulyssipone, Resoluçoens Theojuristicas, Loreto Lusitano,  Residencia milagrosa do Real Collegio de Coimbra da Companhia de Jesus. Lisboa..

 

Dados retirados do CCA – Cultura Açores

 

counter

contador de visitas on line online associações
contador de visitas

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 00:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Abril 2018

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

GEOCLOCK


contadores de visitas

GEOWEATHER


contador de visitas blog

GEOCOUNTER


contador de visitas

GEOUSER


contador de visitas

GEOCHAT


contador de visitas