Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



AS FONTES

Segunda-feira, 19.01.15

(POEMA DE SOPHIA DE MELLO BREYNER)

 

Um dia quebrarei todas as pontes

Que ligam o meu ser, vivo e total,

À agitação do mundo do irreal,

E calma subirei até às fontes.

 

Irei até às fontes onde mora

A plenitude, o límpido esplendor

Que me foi prometido em cada hora,

E na face incompleta do amor.

 

Irei beber a luz e o amanhecer,

Irei beber a voz dessa promessa

Que às vezes como um voo me atravessa,

E nela cumprirei todo o meu ser.

.

Sophia de Mello Breyner Andresen

.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 10:17





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Janeiro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031