Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



DESCOBRIR O CONCELHO DAS LAJES DAS FLORES

Quarta-feira, 22.07.15

Paisagens únicas marcadas pelo vulcanismo, trilhos excêntricos e históricos, baías encantadoras, rochas repletas de quedas de água, poços e lagoas deslumbrantes, zonas balneares convidativas e gastronomia de excelência são algumas das experiências que poderá desfrutar durante uma visita ao concelho de Lajes das Flores.

A Festa do Emigrante poderá também constituir uma oportunidade para descobrir o concelho das Lajes, na ponta mais ocidental da Europa. Neste concelho rico em belezas naturais podem apreciar-se paisagens únicas onde existe uma grande abundância de lagoas, quedas de água, formações rochosas e florestas.

Entre as belezas naturais, sobressaem as sete lagoas deste concelho: Lagoa Negra, Branca, Seca, Rasa, Comprida, Lomba e Funda.

Também neste concelho se encontra o ex-líbris da ilha: a Rocha dos Bordões, um monumento natural regional de invulgar beleza caracterizado por um fenómeno de disjunção prismática na rocha basáltica. Este fenómeno também poderá ser observado na Rocha dos Frades.

Já o Poço da Alagoinha, na Ribeira do Ferreiro, um dos cenários mais magníficos e exuberantes da paisagem açoriana, o visitante desfruta de um conjunto de cascatas que descem uma falésia alta e abrupta, terminando numa lagoa.

O Poço do Bacalhau é uma queda de água com aproximadamente 90 metros de altura. As águas acumulam-se formando num poço natural que convida a um mergulho, podendo assim ser usada para a prática balnear.

O Ilhéu do Monchique é o ponto mais ocidental da Europa, sendo que nos tempos da navegação astronómica servia de ponto de referência para acertar as rotas e verificar os instrumentos de navegação.

O mar está também omnipresente neste concelho garantindo vistas fantásticas e também a ida a banhos. Com este propósito as zonas balneares do concelho, além permitirem a prática balnear sobretudo nos meses de Verão, em que a temperatura das águas são bastante amenas, estão dotadas com várias zonas de lazer.

Assim poderá desfrutar da praia da Calheta, pequena praia de areal preto na baía das Lajes; das piscinas naturais da Fajã Grande, situadas na marginal da Fajã Grande estão rodeadas por um cenário pacífico e relaxante, apenas com o azul do mar a contrastar com as rochas escuras; e a zona balnear da Fajã Grande, um dos espaços mais procurados da ilha durante a época balnear, com uma beleza envolvente inigualável, tem vista para a cascata do Poço do Bacalhau.

Já para quem gosta do aspeto cultural, pode optar por visitar os museus, os moinhos ou as igrejas deste concelho.

Sendo a gastronomia açoriana um dos maiores patrimónios regionais, numa visita ao concelho de Lajes das Flores não pode deixar de experimentar a sua cozinha com pratos diversificados e bastante apreciados. Assim a gastronomia tradicional do concelho é muito marcada pelos produtos obtidos do porco, destacando-se os pratos de linguiça com inhame, o cozido de porco, o feijão assado e a morcela. Outros pratos típicos são os molhos de dobrada e a sopa de agrião.

Do mar destacam-se as tortas de algas marinhas, conhecidas localmente por erva patinha ou erva do calhau, as lapas e a caldeirada de peixe.

Outro prato muito característico são as tradicionais Sopas de Espírito Santo, que integram a ementa da Festa do Espírito Santo, sendo habitualmente confecionadas entre o domingo de Pentecostes e Outubro.

Os queijos tradicionais da queijaria da Fajãzinha e da Cooperativa Ocidental, as filhós e a massa sovada, são também algumas das iguarias que poderá saborear.

Nas Lajes existem bons restaurantes e snack-bares com destaque para o Snack - Bar "Rigoson" o "Beira Mar" e o Snack - Bar "Sport Marítimo Lajense”. Nas freguesias da Fazenda, Fajãzinha e Fajã Grande também existem restaurantes de excelente qualidade. Na Festa do Emigrante, realizada por estes dias, na Vila das Lajes e em que participam todas as freguesias do concelho, também há muitos espaços de comes-e-bebes.

Para dormir o concelho das Lajes reúne uma oferta variada, podendo hospedar-se em alojamentos locais, de habitação, ou rurais muito bem enquadrados com o meio ambiente que o rodeia.

Segundo a autarquia os locais do concelho mais procurados são as Lajes e Fajã Grande, dada a sua proximidade com o mar, mas como alertam dada a existência de uma rede rodoviária totalmente recuperada e em perfeitas condições de circulação, rapidamente se chega a qualquer local da ilha.

Já se optar por acampar também existem zonas para esta opção. Para tal durante o período da Festa do Emigrante, a Câmara Municipal vai disponibilizar um parque improvisado junto do recinto das festas.

 

NB - Dados retirados do suplemento especial do jornal «Açoriano Oriental» e do Fórum ilha das Flores.

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por picodavigia2 às 00:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Julho 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031