Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



DIA DE MENTIRAS

Quarta-feira, 02.04.14

O Pico da Vigia divulgou, ontem, dia um de Abril, uma notícia de última hora, segundo a qual a Fajã Grande das Flores fora elevada à categoria de vila e sede de um novo concelho daquela ilha. Tratou-se, evidentemente, de uma simples e inofensiva brincadeira ou melhor de uma mentira, no dia que, manda a tradição, de tal forma seja comemorado: o dia um de Abril, dia de Mentiras.

Na realidade, desde há vários anos, que o Dia das Mentiras é celebrado no dia 1 de Abril. Trata-se no geral de pequenas e divertidas partidas ou de mentiras inofensivas. Antigamente, na Fajã Grande e naturalmente em muitas outras localidades, era tradição celebrar e festejar este dia com entusiasmo, tentando cada um enganar da melhor maneira e da forma mais perfeita, os outros, levando-os a caírem, inocentemente, no logro, o maior número de vezes possível. Mais tarde o Dia das Mentiras passou a ser aproveitado pelos órgãos de comunicação para publicar notícias falsas, levando muitos leitores a cairem na esparrela. Ultimamente tem sido a Internet, através de muitos sites, blogs e redes sociais que tem mantido bem viva esta tradição de contar mentiras com o objectivo de se propagar uma informação falsa que leve os outros ao logro. O objectivo principal de toda esta panóplia de mentiras é tentar que algumas pessoas, por se esquecerem que o dia 1 de Abril é o Dia das Mentiras, acabem por acreditar em histórias ou notícias que pouco ou nada têm de verídico.

Acredita-se que o dia 1 de Abril seja considerado Dia das Mentiras desde que em França, em meados do século XVI, foi adoptado o Calendário Gregoriano. O Ano Novo, anteriormente, comemorado a 25 de Março, e com festas que duravam até 1 de Abril, passou a ser comemorado a 1 de Janeiro. Aos franceses que resistiram à mudança de calendário, e ainda consideravam 1 de Abril como início do ano, começaram a ser enviados presentes estranhos e convites falsos para festividades inventadas. Essas brincadeiras ficaram conhecidas como “plaisanteries”.

Algumas das mais famosas mentiras, divulgadas neste dia, foram as seguintes:                

Em 1957, a BBC emitiu uma peça jornalística sobre a plantação de uma árvore de spaghetti, na Suíça.

Em 1962, quando ainda não havia TV a cores, um técnico do único canal sueco anunciou que uma meia-calça de nylon cobrindo as telas dos aparelhos de televisão, permitiria que o sinal da TV passasse para o modo ‘colorido’.

Em 1992, a Rádio Pública Nacional dos Estados Unidos anunciou que o ex-presidente Richard Nixon voltaria a se candidatar à Presidência, com o slogan “Eu não fiz nada de errado e não farei novamente”.

 

Em 1976, Patrick Moore, astrónomo, anunciou que um alinhamento gravitacional entre Plutão e Júpiter às 9h47, reduziria a gravidade terrestre, permitindo que o planeta Terra passasse a flutuar.

Em 1998, a rede de restaurantes fast-food Burger King publicou um anúncio a promover um novo "hambúrguer para canhotos".

Em 2005, o Google cria uma página sobre uma bebida sua.

Em 2008, a Wikipédia anuncia que apagará todas as imagens da Wikipédia lusófona por problemas de Copyright.

Em 2009, o site inglês "F1live" lança a notícia de que Lewis Hamilton teria trocado a McLaren pela Brawn.

Em 2010, o blog Bizarrices Automotivas é retirado do ar sem qualquer aviso, aparentando ter sido apagado.

Em 2011, o diário britânico The Independent anunciou que Portugal havia vendido Cristiano Ronaldo à Espanha por 160 milhões de euros.

Em 2012, o blog Pico da Vigia anuncia que a freguesia da Fajã Grande, na ilha das Flores, tinha sido elevada a vila e a sede de concelho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 00:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2014

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930