Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



FOTOGRAFIA

Quinta-feira, 21.08.14

(UM POEMA DE PEDRO DA SILVEIRA)

Sentados na banqueta (sempre a mesma) da praça

falam do tempo,

das suas dores também.  

 

Quando um que não veio não virá nunca mais

os que estão entreolham-se,

cada um à espera que o outro seja quem diga.

 

Os que passam murmuram:

- Lá estão eles, os velhos.

 

Pedro da Silveira in Poemas Ausentes

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 09:40





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Agosto 2014

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31