Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



LUXEMBURGO

Terça-feira, 29.07.14

“No Luxemburgo não se respirava este ar revolucionário. Reinava a ordem e o trabalho. A economia tinha outros comportamentos. Chocou-me muito, por isso, a presença massiva de portugueses na estação ferroviária do Luxemburgo, presença quase diária, sobretudo nas manhãs. Faziam-me lembrar pescadores à espera que o mar amansasse para saírem para o mar. Era gente cheia de saudades que esperava alguma coisa que estava a chegar, talvez de um país desconhecido ou do país donde vieram.”

 

Januário Pacheco

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 16:10





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter