Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



MALDITA CREATININA

Segunda-feira, 23.03.15

A creatinina existe no sangue e é um produto do metabolismo muscular, ou seja do conjunto de transformações e reações químicas dos músculos, através das quais se realizam os processos de síntese e degradação das células. Filtrada do sangue pelos rins e expelida pela urina, as alterações resultantes da sua concentração no sangue são indicadores do estado de saúde ou doença dos rins. Quando a função renal diminui, menos creatinina é expulsa e sua concentração sanguínea aumenta.

Os rins normais filtram cerca de 200 litros de sangue, produzindo aproximadamente dois litros de urina. Quando a função renal diminui devido a lesão ou doença do rim, a taxa de filtração glomerular diminui e os resíduos tóxicos acumulam-se no sangue. Esta insuficiência renal pode tornar-se progressiva e ocorrer em muitas situações de doenças, como a hipertensão. Foi o que me aconteceu. Felizmente a deteção desta minha disfunção renal foi atempada, permitindo uma intervenção terapêutica que me tem impedido de, aparentemente, aumentar as lesões dos meus rins que já perderam cerca 30% da sua função. Mas tudo isto estava estável graças à medicamentação proposta.

As últimas análises vieram trazer-me alguma preocupação, uma vez que referem níveis mais altos da dita cuja. Os valores de referência estão na faixa 0,66 - 1,25 mg/dL. As análises hoje recebidas indicam-me 1,53 mg/dL Mas cuida-se que mais importante que níveis absolutos de creatinina é a evolução dos níveis sorológicos de creatinina ao longo do tempo. Assim um nível crescente poderá indicar dano renal, enquanto um nível decrescente poderá ser indicador da melhoria das funções dos rins.

Nas análises feitas, desde de 1995, os resultados foram os seguintes: 1995 – 1,57 e 1,57; 1996 – 1,48; 1997 – 1,42 e 1,49; 1998 – 1,55; 2000 – 1,41; 2001 – 1,49 e 1,40; 2002 – 1,40 e 1,58; 2003 – 1,67; 2004 – 1,45; 2005 – 1,31 e 1,45; 2006 – 1,35; 2007 – 1,77 e 1,31; 2008 – 1,63 e 1,73; 2009 – 1,56 e 1,49; 2010 – 1,31 e 1,46; 2011 – 1,50 e 1,46; 2012 – 1,66 e 1,62; 2013 – 1,63 – 1,38; 2014 – 1,26 e 1,35; 2015 -1,53.

Maldita creatinina que não me larga ou não baixa aos 1,25!

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por picodavigia2 às 17:20





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Março 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031