Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O BIGA BIGA

Quinta-feira, 27.09.18

O Manuel Dionísio nasceu pobre e surdo-mudo. Como se isso não bastasse, pouco tempo depois, ficou órfão de pai e, mais tarde, de mãe. Ficou sozinho mas sobreviveu. Uma diminuta courela nas traseiras da casa onde morava, a dar um ou dois cestitos de batatas, meia dúzia de pés de couve e outros tantos de milho, a pequena e mal trabalhada quinta da Cabaceira a abastecê-lo de lenha, de maçãs e a permitir-lhe cultivar alguns pés de inhame e era tudo o que tinha. Num pequeno curral colado a uma das empenas da casa, que a outra era geminada com a do Catrina, ia criando uma ou duas galinhas. Era disto que o Manuel vivia!

Era meu vizinho, apenas com a casa do senhor Faroleiro a interpor-se entre a de meus pais e a dele. Conheci-o já de idade avançada. Passava as tardes à janela da sala que ficava voltada para o caminho, a dormitar calma e tranquilamente. Os rapazes bem lhe gritavam, mas acordá-lo, obviamente, é que não conseguiam.

Quer porque fosse pela idade de meu pai, quer porque a sua casa ficasse a dois passos da nossa, o Manuel fez do meu progenitor o seu maior amigo. Daí que ambos se entendessem perfeitamente. O Manuel também se afeiçoou a mim, embora nada entendesse do que ele me tentava dizer. Comunicava por gestos e apenas balbuciava uns sonantes “Biga-Biga”. Por isso ficou a chamar-se Manuel Biga-Biga ou simplesmente o Biga-Biga. Nunca ouvi ninguém tratá-lo por senhor…

Certa tarde em que estávamos em casa com a minha mãe bateram-nos à porta. Era o Biga-Biga e trazia dois ovos. Por gestos começou a explicar o porquê da sua visita e a razão por que trazia os ovos. Meu pai não estava em casa e minha mãe, inicialmente, não o entendeu. Só quando o Biga-Biga começou a movimentar o corpo para trás e para diante, como que a imitar um acasalamento, ela compreendeu ao que vinha - apenas queria trocar os dois ovos. É que tinha só uma galinha e ela estava choca. O Manuel queria criar pintos e, como sabia que minha mãe tinha galo, vinha pedir-lhe para trocar os ovos.

Minha mãe foi ao armário, guardou os dois ovos que ele trazia mas deu-lhe três.

Passado algum tempo o Manuel regressou a nossa casa. Trazia uma cestinha e dentro dela, três pintainhos. Descobriu-os e, por gestos, perguntou à minha qual deles queria.

Minha mãe não aceitou nenhum e o Biga-Biga voltou para casa, felicíssimo, com os seus três pintainhos.

counter

contador de visitas on line online associações
contador de visitas

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por picodavigia2 às 00:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Setembro 2018

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

GEOCLOCK


contadores de visitas

GEOWEATHER


contador de visitas blog

GEOCOUNTER


contador de visitas

GEOUSER


contador de visitas

GEOCHAT


contador de visitas