Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



OS AMOLADORES

Segunda-feira, 12.05.14

Muito raramente vinham de fora, como em tantas vilas e aldeias de Portugal. Na Fajã Grande havia-os em grande quantidade e bons, sendo até que em muitos casos, eram os próprios donos que amolavam as suas próprias facas e tesouras, quer em esmeril próprio quer recorrendo ao de algum parente, amigo ou vizinho. Na realidade, apenas de vez em quando, chegavam à Fajã, alguns amoladores vindos de fora. Geralmente traziam os apetrechos necessários não só para amolar tesouras e facas mas também para por grafos em pratos, travessas e alguidares partidos, pois esta arte, na Fajã Grande era menos comum. Além disso, também colocavam varas novas em guarda-chuvas e sombrinhas. Hoje estamos na era do usar e deitar fora em vez de arranjar o partido ou quebrado, uma vez que, geralmente, comprar um produto novo fica menos dispendioso do que mandar arranjar os que se partiram, o que fez dos amoladores uma profissão em vias de extinção.

O amolar de facas tinha o seu epicentro em Dezembro por altura das matanças. Era um ritual importantíssimo e necessário. Sem facas bem acoladas a matança seria um fracassa. As tesouras, sobretudo as usadas na tosquia, eram também necessariamente amoladas antes de cada dia de fio.

Para amolar facas e tesouras usava-se o esmeril. Tratava-se de uma geringonça de madeira, no meio da qual tinha uma enorme pedra de esmeril, redonda, que circulava ao redor de um eixo, ligado um engenhoso sistema movido pelos pedais. Ao pedalar-se a roda andava, sendo-lhe encostada com arte e engenho o instrumento que se pretendia amolar. Em alternativa havia esmeris em que a roda era movida a mão. Era um instrumento mais pequeno, simples e barato mas cuja utilização exigia o trabalho de duas pessoas. Uma faca ou tesoura só estava bem amolada quando tinha fio no gume. Este era detectado com o passar do dedo polegar, operação que devia ser feita com muito cuidar para não lanhar o dedo.

Uma arte que, aparentemente, se perdeu.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 21:04





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter