Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



RABO-DE-PALHA

Terça-feira, 21.01.14

“Quem tem rabo-de-palha, julga que tudo o que vem atrás é lume.”

Este é, na realidade, um outro dos mais interessantes, sábios e doutos adágios, ainda, utilizado na Fajã Grande, na década de cinquenta. Usado sempre no sentido figurado, com ele pretendia-se alertar as outras pessoas para os riscos que correm os medrosos, os hesitantes e os pouco destemidos. Na realidade cuidava-se que teriam rabo-de-palha as pessoas fracas, indecisas, que vacilavam perante as soluções dos problemas, obstaculizadas em contornar as dificuldades e resolver as situações de embaraço em que muitas vezes, involuntariamente, se envolviam. Inerente a essas atitudes era o medo, de fracassar, de se auto destruir e de perder tudo. O medroso, outrora, como ainda hoje, cuidava que pouco poderia conseguir, ao indeciso tudo metia medo, o hesitante julgava que tudo o impedia de agir, o fraco pensava que em tudo havia de fracassar e os vacilantes cuidavam que não seriam capazes de se tornarem fortes. Por isso, tudo o que os rodeasse, rotulado de algum aventureirismo havia de os amedrontar e assustar ainda mais.

Este provérbio era uma forma de alertar, de incentivar e acicatar todos e cada um, para com força e dignidade resolver os seus problemas,

Cuida-se, no entanto, que o adágio teria também uma outra conotação. Já que ter rabo-de-palha significava ter cometido alguma coisa comprometedora ou menos conseguida ou digna. Assim por tudo e por nada cuidavam os prevaricadores que seriam descobertos, sentenciados e condenados. Tal assombro desembocava, necessariamente, num constante e premente medo de ser apanhado ou descoberto, por isso tudo o que fosse indício ou se assemelhasse a prova denunciadora parecia lume.

Quem de uma forma ou de outra estivesse comprometido, pela negativa, com algo ou com alguém, havia de viver sob o flagelo permanente do medo de ser descoberto e, consequentemente, condenado.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 10:18





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Janeiro 2014

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031