Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



RUI DE MENDONÇA

Domingo, 28.01.18

Rui de Mendonça nasceu em Santa Cruz, Graciosa, a 27 de Abril de 1896 e faleceu nas Velas, S. Jorge, em 30 de Janeiro de 1958. Terminada a instrução primária na sua terra natal, fixou-se na ilha Terceira onde viria a concluir os estudos liceais. Não lhe sendo possível prosseguir estudos universitários, enveredou pelo Magistério Primário que concluiu na cidade da Horta, ilha do Faial. Durante largos anos dedicou-se ao ensino que acumulou com a carreira de advogado. A sua paixão pelo mar levou-o a explorar uma armação baleeira que, nas Velas, constituiu importante polo de atividade social e económica.

Republicano convicto, desenvolveu atividade política, batendo-se sempre pelos valores da liberdade e da democracia. Em 1931 foi Delegado da Junta Revolucionária na ilha de S. Jorge, o que lhe valeu a perseguição pelo regime saído do governo de 1928. Fracassada a tentativa de derrubar a ditadura de Salazar, através de um golpe que abortaria antes da hora marcada, Rui de Mendonça é exonerado do cargo de professor primário e preso na ilha do Faial. Posteriormente foi engrossar as fileiras dos que conheceram o cativeiro no Castelo de S. João Baptista, na ilha Terceira.

Muito jovem ainda, começou a versejar segundo os moldes clássicos e escreveu peças de teatro. Destacou-se como poeta romântico-parnasiano. As suas poesias, dispersas por jornais e revistas, foram postumamente reunidas num volume com o título geral de Poemas. Os seus versos, sinceros e sentidos, denotam influência de Guerra Junqueiro e Antero de Quental, e são atravessados por um romantismo espontâneo e por um sentimentalismo marcadamente insular.

Dedicou-se ao jornalismo, sustentando polémicas e discutindo problemas locais e regionais, bem como questões de ordem cultural e pedagógica. Usou o pseudónimo de Jayme Velho.

No dia 9 de Junho de 1989, foi condecorado, a título póstumo, com o Grau Oficial da Ordem da Liberdade pelo então Presidente da República, Mário Soares.

Obras literárias: A Flor da Serra e Poemas.

 

Dados retirados do CCA – Cultura Açores

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 00:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Janeiro 2018

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031