Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



SONHO MATERNAL

Sexta-feira, 14.03.14

Julguei-me em teu regaço a descansar,

Como fiz, tantas vezes, em criança,

E teu sublime amor reconquistar,

Num beijo de ternura e d’esperança.

 

Senti-me navegar em segurança,

E num berço d’espuma me embalar,

Sonhando que teu ser também alcança,

O amor que do meu vejo evaporar.

 

E ouvi, porque, baixinho, me dizias:

- Descansa em meu regaço, confiante,

Porque te amo, meu filho! - Radiante,

 

Julguei, ó minha mãe, que ainda vivias,

Que eras o sol, o amparo de meus dias!

Foi em vão que sonhei!... Foi um instante!

 

Angra, 1966

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por picodavigia2 às 23:57





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031