Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



UM BÊBADO

Sábado, 10.01.15

(POEMA DE L-AKHTAL - POETA ÁRABE 630-710)

 

Um bêbado

      Abatido em combate pelo vinho

      a custo ergue a cabeça, bebe e berra,

      pesam-lhe os ossos, mexem de mansinho

      as juntas do seu corpo que se emperra...

      Sustemo-lo entre nós sempre tombando,

      arrastamos-lhe o corpo feito morto,

      alheio nem parece ir-se lembrando

      de que pensava e não andava torto...

      Colado ao chão, como se lapa fosse,

      levantá-lo é torná-lo mais pesado,

      levá-lo para o quarto, nem a couce,

      mas vai como lixo em saco arrastado.

 

Tradução de Camilo Martins de Oliveira, in blog “7 Anos de Cultura

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por picodavigia2 às 11:06





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

VISITANTES

free web counter

calendário

Janeiro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031